Booking Engine x Channel Manager

Booking Engine x Channel Manager: entenda as principais diferenças

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Usar diversos canais de venda é uma estratégia fortemente utilizada pelos hoteleiros para manter uma taxa de ocupação interessante. Contudo, o grande desafio enfrentado é gerenciar todos esses canais e priorizar aquele que traz maior rentabilidade para o hotel, como é o caso do Booking Engine.

Channel Manager e Booking Engine são duas ferramentas importantes para a gestão hoteleira, no entanto algumas pessoas ainda confundem a finalidade de cada uma.

Hoje em dia, é difícil prever o comportamento de compra dos hóspedes no que se refere a dias e horários.

Sabe-se somente, que cresce o número de pessoas que compram através dos seus computadores e celulares fora do horário comercial.

Por tanto, estar disponível nesses canais é fundamental para o hoteleiro.

Dito isto, o Channel Manager e o Booking Engine são sistemas que auxiliam os hoteleiros na busca por mais reservas e, consequentemente, mais resultado para o hotel, aliando tecnologia e vendas.

Juntamente com o sistema de gestão hoteleira tais ferramentas suportam a gestão das reservas, agilizando, organizando e trazendo mais confiança para o dia a dia da equipe.

Considerando a relevância do Booking Engine e do Channel Manager para a gestão hoteleira, elaboramos este conteúdo que esclarece a diferença entre essas funcionalidades e explica de que forma elas podem ajudar no crescimento do seu hotel.

Para conferir, continua com a gente =)

O que é Booking Engine

O Booking Engine, mais conhecido como Motor de Reservas, oferece todas as praticidades de um canal de venda diretamente no site do hotel.

Através desta funcionalidade, o hoteleiro oferece ao hóspede um canal de reserva direta onde este último pode conferir os quartos que estão disponíveis na data desejada e finalizar a reserva escolhendo a melhor forma de pagamento.

Com isso, o hóspede ganha autonomia e agilidade ao fazer sua reserva.

O Motor de Reservas fica acoplado ao site do hotel, que também precisa ser atrativo e funcional. De pouco adianta ter um Motor de Reservas bacana com um site que não é responsivo, ou seja, não adaptar seu layout aos dispositivos móveis como os celulares.

Ao promover um fluxo simples e rápido de reserva direta, o hoteleiro ganha pontos positivos junto ao hóspede e, de quebra, aumenta a lucratividade do hotel.

Pois, assim como as OTAs – Online Travel Agencies – o Booking Engine é um canal de vendas estratégico do hotel.

Veja só.

O que ele pode fazer pelo seu hotel

Depois do spoiler que eu dei logo acima, o principal benefício do Motor de Reservas é o aumento da lucratividade.

Por meio deste canal de vendas, é possível investir nas reservas diretas atraindo o hóspede para o site do hotel e com isso pagar menos comissões para os canais de vendas terceirizados, como o Booking.

Além disso, ao oferecer um canal de venda direta que funcione e seja simples, o hoteleiro fideliza o hóspede mais facilmente, pois a referência do cliente passa a ser o próprio hotel e não mais a OTA, como normalmente acontece.

O Motor de Reservas também influencia na satisfação do hóspede uma vez que encurta o caminho de contato com o hotel e agiliza o fluxo de reservas diminuindo barreiras de tempo, horário ou disponibilidade de atendimento.

E neste caso, o hóspede pode tomar sua decisão de compra diretamente no site do hotel sem precisar falar com alguém.

O que é Channel Manager

O Channel Manager, mais conhecido como Gerenciador de Canais, é responsável por gerenciar os diversos canais de vendas que o hoteleiro utiliza, inclusive o Motor de Reservas.

Muitos hoteleiros utilizam os canais de vendas (OTAs) para vender mais.

Essa é uma realidade do mercado, pois as OTAs investem pesado em marketing facilitando o trabalho que os hoteleiros teriam para divulgar seus quartos na internet.

As OTAs são estratégicas no resultado dos hotéis, hoje em dia. E neste caso, a gestão dos canais de venda é fundamental na rotina dos hoteleiros.

Com a ajuda do Channel Manager esse processo se torna mais fácil e ágil, pois a ferramenta atualiza as disponibilidades nos diversos canais a cada venda realizada.

Sendo que sem o sistema, ao vender um quarto em determinada OTA o hoteleiro teria que atualizar os demais canais um a um, manualmente.

O que ele pode fazer pelo seu hotel

Essa funcionalidade não influencia diretamente na lucratividade do hotel, mas indiretamente sim.

Sendo esse um sistema de organização de reservas e gestão de disponibilidades, faz com que o hoteleiro possa dedicar mais tempo ao plano de vendas e menos tempo atualizado diversos canais manualmente.

O Channel Manager também é um aliado no combate ao overbooking, um vilão que assombra a vida dos hoteleiros.

Por meio desta ferramenta é possível ter um controle assertivo das reservas e das disponibilidades considerando que a atualização automática em todas os canais e no PMS evita a duplicidade de reservas no mesmo quarto.

No entanto, como todo e qualquer sistema é preciso ter atenção e dedicação no uso para que ele o ajude ao invés de causar novos problemas.

Principais diferenças: Booking Engine versus Channel Manager

Como falamos anteriormente, tanto o Booking Engine quanto o Channel Manager são ferramentas importantes para a gestão hoteleira, principalmente quando estão integrados com o PMS, como é o caso do Hospedin.

Essa tríade (BO + CM + PMS) faz com que o hoteleiro tenha total controle sobre suas vendas, disponibilidades e resultados do hotel. Ou seja, uma ferramenta é complementar a outra e não substituível.

Veja abaixo o quadro comparativo que elaboramos para esclarecer, ainda mais, as diferenças entre essas 3 ferramentas:

booking-engine

Com isso percebe-se o quanto essas ferramentas se complementam e ajudam o hoteleiro a ter um dia a dia mais tranquilo e produtivo.

Você também pode gostar de ler: Hospedin versus sistemas de hotelaria: entenda as principais diferenças

Use a tecnologia a seu favor

Agora que você já é um expert nas ferramentas hoteleiras mais utilizadas, chegou a hora de aplicar a tecnologia a seu favor.

Por mais que pareça complicado gerenciar as reservas de forma automatizada, uma vez que é de costume fazer tudo manualmente, a gente garante que as vantagens de se utilizar sistemas hoteleiros são inúmeras.

Todo processo de mudança gera um certo desconforto, no entanto, a tecnologia surgiu para nos ajudar e ela tende a passar cada vez mais tempo ao nosso lado.

Portanto, seja um hoteleiro antenado e utilize o Booking Engine, o Channel Manager e o PMS para lhe auxiliar e ajudar a sua equipe no dia a dia hoteleiro.

Use a tecnologia a seu favor.

Leia também: Tecnologia em Hotelaria: você está atrasado?

Antes de ir embora, conta pra gente nos comentários se você utiliza o Booking Engine no seu hotel.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
Share: