A

A gestão hoteleira e os indicadores de sustentabilidade

indicadores-de-sustentabilidade

Por: Gustavo Corrêa

A partir do momento em que empreendedores e lideranças da hotelaria entendem que sustentabilidade é um modelo de gestão de negócios, com foco na eficiência operacional alinhada aos objetivos da empresa, sendo capaz de gerar resultados que promovem valores que vão muito além do lucro, as hospedagens começam a se transformar de tal forma que aquilo que antes era um desejo, se torna uma “necessidade”.

Nesse sentido, garantir um ambiente de trabalho equilibrado, em que pessoas se relacionem com respeito e segurança, prevalecendo a consciência de preservação dos recursos essenciais para a sobrevivência dos negócios, alinhado ao desenvolvimento econômico próspero e contínuo, deixou de ser uma utopia e já é realidade.

Na hotelaria, em especial, temos a nobre missão de difundir entre toda a cadeia, o que inclui nossos hóspedes, a importância de tornar sustentáveis os negócios e as pessoas que o compõem. Após a visão e clareza sobre a necessidade da abordagem do tema, o desafio passa a ser aplicá-lo no dia a dia.

Diferente de modelos com intermináveis aplicações de regras e processos, a sustentabilidade se apresenta de forma muito mais dinâmica e sua aderência na maioria das vezes acontece de forma orgânica.

Isso porque a sustentabilidade já está presente na essência do negócio e das pessoas, só é preciso aflorá-la.

Projeto de implantação de sustentabilidade

Quando começamos a desenhar o rascunho para um projeto de implantação do conceito sobre a gestão do negócio, momento em que se discute também quais os objetivos e metas a serem atingidas, percebe-se que não se trata de reinventar a roda, mas colocá-la na direção em que se deseja. 

Podemos dizer então, que se trata de utilizar a roda da melhor forma.

Definindo os indicadores de sustentabilidade

Neste momento, identificamos as matrizes, ou pontos chaves, e para cada um deles qual o método para geração de dados que servirá de indicadores da sustentabilidade, e que deverão ser medidos e melhorados continuamente.

Podemos trazer como exemplo,  índices como:

  • rotatividade de colaboradores; 
  • eficiência energética e hídrica;
  • a geração de desperdícios – muitas vezes medida pelo plano de gerenciamento de resíduos;
  • o índice de satisfação do cliente, fornecedor ou colaborador;
  • o índice de vulnerabilidade legal;

Todos esses índices em equilíbrio e alinhados com os objetivos da hospedagem, tornarão este negócio sustentável no curto, médio ou longo prazo, a depender daquilo que a empresa tem como objetivo.

Saiba mais Gestão sustentável na hotelaria: o que você precisa saber?

 Indicadores de sustentabilidade e a conexão com valores

O que se observa nos últimos anos, é forte conexão dos indicadores de uma empresa sustentável com os “valores“ sociais, o que significa o quanto uma organização consegue impactar e se conectar com seu público de interesse, demonstrando sua responsabilidade e desejo de cuidar daquilo que todos querem que seja cuidado.

Desta forma, fica evidente que um modelo de gestão com base no conceito de sustentabilidade, reduz custos, estrutura relacionamento com colaboradores, fornecedores, sociedade e ainda posiciona a marca gerando valores que se conectam com seus clientes.

É neste nível, que a sua marca passa a ser desejada!

Que tal começar a gerir sua hospedagem com foco em sustentabilidade a partir de agora?

Conheça o Gustavo Corrêa

Gustavo R. Corrêa é  uma liderança em Sustentabilidade. Atualmente, está como CEO da Simbiose Inteligência Ambiental, empresa desenvolvedora do CherrySoftware, uma ferramenta para gestão da sustentabilidade.

Participa do processo de transformação de hotéis e pousadas convencionais em hospedagens  sustentáveis.

Contato:

Linkedin
Whatsapp: 24- 99305-2701 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Hospedin