o que é pms para hotel?

O que é pms de hotel?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

O mercado hoteleiro é um ambiente populado por diversas siglas “americanizadas”, a exemplo do que acontece com o PMS de hotel. Mas o que pouca gente pode se atentar é sobre o real impacto que cada uma dessas palavrinhas têm no seu meio de hospedagem.

A evolução do mercado e o surgimento da tecnologia trouxe novas oportunidades para o hoteleiro, assim como os sistemas de gestão que chegaram para tornar o dia a dia mais prático e simples.

A partir disso, o tal PMS passou a protagonizar muitas histórias de sucesso entre hotéis, pousadas, hostels e demais meios de hospedagem.

Essa participação se tornou mais do que um diferencial e o PMS é, atualmente, um forte aliado na gestão hoteleira de muitos empreendimentos mundo afora.

Sendo assim, este artigo é dedicado inteirinho a ele e nas próximas linhas você poderá conferir:

  • O que é PMS de hotel
  • Quais são os benefícios que um PMS de hotel pode oferecer
  • Por que o hoteleiro precisa de um PMS
  • Como o PMS de hotel vai além do gerenciamento de reservas

O que é PMS de hotel?

Ok, não sejamos pegos pelas confusões que pequenas siglas em inglês podem causar. Vamos logo descobrir o que significa PMS, afinal.

PMS é um acrônimo que provém da expressão Property Management System, que traduzindo para o português significa Sistema de Gerenciamento de Propriedade. Entretanto, o PMS também é reconhecido, por aqui, de diversas outras formas. Veja:

Desta forma, não é difícil perceber que o PMS é o sistema responsável por organizar a operação do meio de hospedagem como um todo, principalmente a gestão das reservas, do início ao fim.

E a gente sabe que, hoje em dia, a agilidade no atendimento, organização nos processos e o engajamento da equipe, são elementos essenciais para os meios de hospedagem que desejam se destacar no mercado.

Você também pode gostar de ler: Um software de gestão hoteleira que vai transformar a sua produtividade

Quais são os benefícios que um PMS de hotel pode oferecer?

Já sabemos o que é PMS e sua importância na estratégia de crescimento do meio de hospedagem. No entanto, nos falta descobrir quais são os reais benefícios que o hoteleiro terá ao investir em um sistema de gestão hoteleira.

E você não vai sair deste artigo sem resposta para essa questão. 

Até porque, o Hospedin é um PMS, e nós construímos ao longo do tempo, uma experiência bacana sobre o assunto.

Sendo assim, observe abaixo quais são os principais benefícios que um PMS pode oferecer ao hoteleiro.

Benefícios do PMS de hotel

Centralização de informações: acessar um único sistema e conseguir visualizar todo o andamento do negócio neste mesmo lugar, é sinônimo de alta produtividade e organização. Nada fica perdido ou guardado na memória das pessoas, desde que elas tenham a rotina de alimentar o PMS.

Agilidade no atendimento: com a centralização de informações se torna mais fácil cadastrar um hóspede, lançar uma reserva e fazer com que a informações importantes de check-in e check-out cheguem a quem precisa delas. O hóspede sente quando o meio de hospedagem está, de fato, preparado para atendê-lo.

Integração com os outros sistemas hoteleiros: o hoteleiro pode contar com ferramentas como CRM, Channel Manager, Motor de Reservas, ferramenta de E-mail Marketing, Chatbot e etc. O PMS acaba centralizando todas essas informações, cambiando os dados necessários entre elas.

Organização e padronização nos processos internos: com a utilização de um PMS, a equipe hoteleira tende a seguir o processo definido e organizado pelo mesmo. Desta forma, se evita que os colaboradores executem as tarefas de diferentes maneiras causando ruídos e problemas na prestação de serviço.

Gerenciamento embasado em dados concretos e seguros: uma planilha até que “quebra um galho” em determinado momento, mas o sistema hoteleiro é o elemento que poderá acompanhar, e até mesmo promover, o crescimento do hotel efetivamente. Por meio dele é possível analisar os resultados da empresa em tempo real, acessando os relatórios e gráficos hoteleiros.

Segurança das informações: com sistemas integrados e operando em nuvem, como é o caso do Hospedin, o hoteleiro pode se sentir seguro quanto à guarda das suas informações. Os backups automáticos também o resguardam de uma possível interferência no uso do sistema.

Aumento da produtividade dos colaboradores:  a rotatividade na hotelaria ainda é algo que atrapalha um pouco a coesão da equipe. Com entradas e saídas de funcionários é preciso ter um centralizador de informações e processos, o que acontece com o uso do PMS. Um sistema fácil de utilizar, como o Hospedin, acaba sendo fundamental nesse processo.

Além disso, devido a informatização tem-se colaboradores mais produtivos e focados no cliente.

Por que o hoteleiro precisa utilizar um PMS?

Os benefícios por si só seriam motivos suficientes para que o PMS tenha sua chance, mas não satisfeitos, queremos clarificar ainda mais essa ideia.

Afinal, por que o hoteleiro precisa utilizar um PMS?

Para responder a essa pergunta vamos levantar 5 pontos importantes. Veja:

1) Para acompanhar o avanço do mercado e da tecnologia

Resistir ao uso da tecnologia para informatizar os processos do hotel pode ser um problema preocupante para o hoteleiro. A forma como as pessoas compram, comparam e avaliam os produtos e serviços mudou drasticamente, graças à tecnologia, e ficar de fora dessa evolução não é uma decisão inteligente.

Por outro lado, começar pela adoção de um PMS pode ser interessante dependendo do nível de informatização do hotel. Isso o manterá competitivo ao longo do tempo.

2) Devido a ausência de mão de obra qualificada no setor

O PMS acaba por promover maior eficiência na prestação dos serviços hoteleiros, pois organiza, padroniza e assegura a qualidade nos processos executados pela equipe. Isso porque o hoteleiro pode treiná-los a partir de algo que já existe e funciona, dentro do próprio PMS.

E neste caso, o hoteleiro passa a depender menos da qualificação técnica do time para determinadas funções. Isso, desde que as pessoas estejam dispostas a utilizar um sistema que facilite o dia a dia.

3) Porque o hóspede precisa estar no centro do processo

Quando o hoteleiro se preocupa em alimentar planilhas, estar presente nos canais de vendas, receber e enviar mensagens para os times e alinhar informações de diferentes áreas, acaba por não focar no que mais importa: a experiência do seu hóspede.

Quando um PMS chega para facilitar essas demandas, tem-se a chance de colocar o cliente no centro das atenções como deve ser em qualquer situação.

4) Para investir tempo e dinheiro em um negócio que gera lucros

A informatização incentivada pelo uso do PMS de hotel é um caminho sem volta. Pois a partir disso, o hoteleiro terá condições de analisar dados, relatórios, gráficos e oscilações do seu negócio de forma simples e prática. Sem ter que gastar um tempão para encontrar e compilar os dados.

Com isso, poderá investir esse tempo economizado nas estratégias de crescimento e geração de lucros para o hotel.

5) Para ter mais tempo e qualidade de vida

Noites mal dormidas, idas e vindas nos corredores do hotel ou da pousada para atender os chamados, atendimento ao hóspede independente do horário nos diferentes canais de distribuição, costumam ser tarefas que ocupam boa parte da vida do hoteleiro.

E mais do que isso, causam estresse, preocupação e dificuldade de delegar para a equipe. Quem quer passar uma vida assim, não é mesmo?

O uso de um PMS ajuda (e muito) nesses aspectos. Contudo, poucos hoteleiros param para refletir sobre isso e investir o breve tempo que demanda entender, preencher e alimentar o PMS. Para que esse sistema possa fazer seu trabalho e ajudá-la a ter mais tranquilidade ao longo do tempo é preciso dar o primeiro passo.

Saiba mais sobre produtividade hoteleira assistindo o vídeo abaixo no nosso Canal do Youtube: Hospedin:

Além do gerenciamento de reservas

Vamos arrematar esse assunto fazendo um paralelo interessante entre o PMS de hotel e um guarda-chuva. Muitas pessoas procuram por um sistema hoteleiro, única e simplesmente, para organizar as reservas que já não podem ser suportadas pelas planilhas ou agendas de papel.

E isso é ótimo! Um sinal de amadurecimento e crescimento do negócio. 

Contudo, ao adotar um PMS, o gestor não precisa (e nem deve) se prender somente à gestão das reservas. Assim como o Hospedin, diferentes PMSs do mercado vão muito além disso, proporcionando ao hoteleiro uma gestão prática e segura do seu negócio como um todo.

Desta forma, com o Hospedin é possível gerenciar as reservas, mas também:

  • Ter acesso a relatórios hoteleiros;
  • Fazer a gestão financeira;
  • Organizar as disponibilidades em diferentes canais de venda integrado a ele;
  • Agilizar o atendimento ao hóspede com link de pagamento, formulário de pré-reservas e etc.
  • Acompanhar o desempenho da equipe pelas Atividades de Usuários

Leia mais sobre o Hospedin: Hospedin versus sistemas de hotelaria: entenda as principais diferenças

gerenciamento-de-hotel

Ou seja, o PMS é um grande guarda-chuva que envolve todas as áreas do meio de hospedagem e que, hoje em dia, é tão essencial para os hoteleiros.

Agora conta pra gente: você já utiliza um PMS? Qual é o papel dessa ferramenta no seu negócio?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
Share: