E

Entenda a importância do uniforme para hotelaria

uniforme-para-hotelaria

Para algumas pessoas o uniforme na hotelaria pode parecer um item de menor importância dentro do estabelecimento, mas não é. Uma equipe uniformizada passa uma mensagem positiva ao ser vista, assim como uma equipe não uniformizada passa a mensagem contrária.

O uso de uniformes na hotelaria faz parte do cartão de visitas deste local. Já de início uma boa apresentação pessoal faz com que o cliente se sinta confortável, acolhido e interessado no local em que vai se hospedar. Consequentemente, se tudo correr conforme o esperado desse hóspede, o retorno dele será certo.

Nesse artigo, você vai ter a exata medida da relação que o uniforme tem com o profissionalismo e a imagem do hotel ou pousada. Com as dicas que encontrar no artigo vai conseguir fazer uma melhor escolha do uniforme para hotelaria, além da quantidade a disponibilizar para cada funcionário.

Os cuidados e preservação do uniforme, bem como as orientações quanto a periodicidade de troca dos uniformes também serão faladas.

E não poderíamos deixar de fora uma discussão sobre o fornecimento dos uniformes. Afinal ele deve ser gratuito ou cobrado?

Leia até o fim e descubra todas essas informações importantes e práticas.

Qual imagem o uniforme passa para o cliente

Pode parecer estranha a expressão, mas “o uniforme fala com o hóspede”, isso quer dizer que uma equipe uniformizada se comunica com os clientes. E se essa comunicação inicial for adequada e pensada estrategicamente, a primeira impressão já será boa.

A identificação visual dos uniformes tem o poder de agradar ou desagradar as pessoas que estão em contato com seus funcionários. Desde o porteiro, que é sempre visto, até as camareiras que são encontradas esporadicamente nos corredores.

O design do uniforme para hotelaria imprime a personalidade do lugar, por esse motivo deve ser previamente planejado e produzido levando em consideração o bem-estar, o conforto e a autoestima dos funcionários. Por isso, ouvi-los é fundamental nesse processo de criação/design do uniforme.

A criação dos uniformes para hotelaria

Geralmente os departamentos de Marketing e Recursos Humanos trabalham juntos para dar as diretrizes de como precisam dos uniformes. 

Isso porque tem o conhecimento de como o estabelecimento quer ser visto na comunicação com o mercado, esse pessoal sabe qual o público-alvo deve ser atingido a começar pelo traje dos colaboradores.

Mas é muito importante que os setores envolvidos em decidir sobre o uniforme consultem a equipe, pois somente a equipe que conhece a funcionalidade do uniforme nas tarefas que são de sua alçada pode esclarecer sobre isso. 

Por exemplo, na função de garçom não se pode ter uma manga muito larga ou longa que atrapalhe o servir aos clientes e ainda suje com muita facilidade.

E para que o uniforme não deixe ninguém se sentindo inadequado ou até constrangido, ele deve ser discreto, alinhado e bonito. Além disso, deve ter cores, estilo e categoria que representam a marca do hotel.

Composição do tecido para o uniforme

A escolha da composição será sugerida pelo profissional que faz o uniforme de acordo com as necessidades do hotel, mas você precisa saber como as fibras do tecido se comportam para fazer a escolha correta.

Por exemplo, as camisas compostas por 67% algodão/ 30% poliéster/ 3% elastano são ideais para evitarem o desbotamento da cor pela presença do poliéster. A composição de algodão (fibra natural) do que poliester (fibra sintética) proporcionam mais conforto e não retêm calor.

Quando se escolhe o elastano para o uniforme dos funcionários a busca é pela maciez do tecido e mobilidade melhor nos movimentos. Já as peças feitas de algodão nobre possuem fibras que permitem hidrofilidade, leveza e ótimo caimento, além da beleza.

Há também opções para uniforme com a proteção UV, essas peças não retêm calor e as peças não ficam com aspecto de queimada, são ideias para os funcionários que trabalham ao sol.

Por fim, de um modo geral, os tecidos para o uniforme de hotel devem ser escolhidos contando com sua resistência às lavagens

Tem-se o exemplo do Oxford que é bastante difundido para os trajes sociais, principalmente para as calças. 

A tricoline (algodão) está presente em muitas camisas de uniforme e em outros trajes de trabalho em geral por ser muito resistente às várias situações diárias e a facilidade de cuidado que possui.

Funcionário uniformizado tende a ser mais confiante

Um funcionário uniformizado precisa se sentir confortável, ter liberdade de movimentos, segurança e se sentir bem vestido.

Gostar do uniforme que veste traz muitos benefícios para as relações hotel/ funcionário e funcionário/hóspede. 

Inclusive impacta na produtividade do colaborador, pois o pertencimento sentido traz motivação para fazer melhor as suas tarefas.

Leia também: Como ter uma equipe hoteleira motivada e produtiva?

Uniformizar a equipe do hotel demonstra aos clientes as seguintes qualidades do estabelecimento:

  •  Autoridade
  •  Confiança
  • Organização
  • Profissionalismo
  • Dedicação
  • Credibilidade

Dentro desses aspectos, o funcionário tende a ter as mesmas sensações e se apropria da confiança e credibilidade que um uniforme de hotel oferece e torna-se mais seguro e confiante no trabalho que executa.

Fornecimento do uniforme: gratuito ou cobrado?

O fornecimento dos uniformes do hotel deve ser gratuito, a partir do momento que for uma exigência do empregador, isso está presente no Precedente Normativo 115 do Tribunal Superior do Trabalho. 

Além disso, conforme artigo 166 da CLT, a empresa deve fornecer aos empregados, gratuitamente, equipamento de proteção individual adequado ao risco em que estiver exposto.

Diante disso, os descontos no salário do funcionário, por extravio ou mesmo o recebimento de uniformes não são cabíveis.

Quanto ao número de uniformes dados não há uma norma que especifique a situação, mas é o bom senso do empregador que vale aqui. Para a quantidade correta de uniformes, o hoteleiro deve considerar o tempo necessário para higienização do uniforme, qual a atividade desempenhada pelo funcionário e, também, a sua escala de trabalho.

Leia também – Leis trabalhistas na hotelaria: o que você precisa saber?

É dever do empregador, até por conta da imagem do hotel, fazer a troca dos uniformes sem onerar o empregado quando o traje estiver desgastado ou tenha sofrido danos ocasionados pelo uso.

Agora já é possível visualizar a importância do uniforme para hotelaria, não é mesmo? 

Mesmo os detalhes são determinantes para a imagem que você deseja passar para os seus hóspedes. 

Isso porque o uniforme revela muito sobre um hotel, ele tem o poder de comunicar uma imagem de profissionalismo e confiabilidade, e assim, consegue influenciar a expectativa dos clientes.

Aproveite para compartilhar com a gente aqui nos comentários se na sua hospedagem usa-se uniformes e como é feita a gestão dos mesmos?!

Solte o play e complemente sua leitura:

CategoriesDicas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Hospedin