diarias-fracionadas

Diárias Fracionadas: vantagens e desvantagens para seu hotel

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Eis mais uma forte tendência da hotelaria: as diárias fracionadas. Elas chegam com tudo para aumentar o RevPar do seu hotel.

As tendências, normalmente, surgem a partir de uma oportunidade identificada. E essa oportunidade, por sua vez, pode surgir de um problema, uma crise ou uma demanda reprimida.

O mercado hoteleiro está em constante transformação, e assim novos modelos de negócios surgem a cada dia. Desta forma, o hoteleiro é desafiado a se adaptar, investigar e analisar a melhor maneira de aplicá-las no seu estabelecimento, quando isso for interessante.

O conceito de diárias fracionadas é relativamente novo, embora seja demandado a bastante tempo. O principal público dessa tendência são os viajantes corporativos. No entanto, cresce consideravelmente o número de viajantes a lazer que procuram por esse tipo de hospedagem, que nesse caso é mais conhecido como day use.

Nunca ouviu falar? Bateu aquela curiosidade? Então não sai daí, por que nós vamos explicar tudinho sobre esse assunto.

Neste artigo vamos esclarecer todas as questões relacionadas às diárias fracionadas, e ao final da leitura você será capaz de identificar se deseja, ou não, entrar nessa onda da hoteleira.

Entenda o conceito de diárias fracionadas

Essa é uma demanda que existe a bastante tempo. Estamos falando daquele hóspede que deseja ou precisa ficar no hotel por somente algumas horas. Seu problema está justamente no valor da diária, ou seja, mesmo para ocupar o quarto por algumas horas, ele precisa pagar uma diária inteira.

E como estamos falando em uma nova era de consumo, o hóspede têm se tornado cada dia mais exigente. Ele pesquisa, negocia, classifica e decide pela compra depois de avaliar os pontos que considera mais importantes. E o custo/benefício é um desses pontos.

Como falamos anteriormente, os principais clientes das diárias fracionadas são os hóspedes corporativos. E por trás delesm encontram-se as empresas sempre em busca de reduzir os custos de viagem, sem que isso influencie na qualidade.

Para ficar mais claro vamos exemplificar:

A saga de Ana

A pedido da empresa, Ana foi supervisionar um projeto no estado vizinho ao que mora e trabalha. Ela fez esse deslocamento de avião, passou o tempo necessário na cidade e quando chegou o dia da sua volta teve uma desagradável surpresa: seu voo iria atrasar por 8 horas.

Para aproveitar bem o dia de trabalho, Ana escolheu o voo que partiria às 21:00 horas.
Com a novidade, ela percebeu que teria que ficar no aeroporto até as 05:00 da madrugada.

Considerando que muito trabalho a aguardava na sede da empresa no dia seguinte, Ana ficou analisando as possibilidades que tinha para descansar durante esse tempo. Por fim, ela recorreu às diárias fracionadas.

diaria fraccionadas

Essa cena é fictícia mas acontece com frequência no mundo das hospedagens. Ana só precisava de algumas horas de descanso e não ficaria feliz em ter que pagar por uma diária completa, sendo que ela não iria utilizar os serviços do hotel por 24 horas.

A partir dessa demanda, o conceito de microstay surgiu nos países ocidentais, principalmente nos Estados Unidos, e resume-se no serviço de estadia por hora ou estadia em cápsulas. Nesse contexto, diversas empresas aproveitaram o crescimento do nicho, oferendo plataformas e aplicativos para administrar as diárias fracionadas dos hotéis.

A ByHours é uma empresa que administra o serviço de diárias fracionadas, tendo em seu banco de dados mais de 2500 hotéis cadastrados em todo o mundo. De acordo com a ByHours, localizada na Espanha, o aumento de reservas de diárias fracionadas no próprio país foi de 150% no último ano.

Aqui no Brasil a plataforma que vem ganhando espaço se chama HotelQuando. Eles já contam com grandes redes hoteleiras em seu portfólio, atuando principalmente em São Paulo e Rio de Janeiro.

Essa lhe parece uma boa oportunidade?

Como esse conceito funciona prática

A demanda de hóspedes corporativos atrai os olhares dos hoteleiros, pois eles tendem a ser mais fiéis do que os hóspedes a lazer. E para confirmar a busca por diárias fracionadas, a plataforma HotelQuando identificou em pesquisa que 40% das pessoas que viajam a trabalho necessitam de somente uma noite de hospedagem.

As plataformas de microstay operam como um canal de venda para os hoteleiros, funcionando de forma parecida com o Booking, Decolar, Expedia e etc.

Na prática, os hotéis cadastram previamente, os quartos, datas e horários disponíveis, na plataforma escolhida. Então através de um site ou aplicativo, o hóspede pode escolher o hotel mais próximo, a data e horários de check-in e check-out.

Para facilitar a administração dessas hospedagens as plataformas padronizaram as reservas em 3, 6, 9 ou 12 horas. Assim, o hóspede deve escolher uma dessas opções ao fazer a reserva.

O valor da diária fracionada não é proporcional ao valor da diária integral, mas sim um percentual considerado vantajoso para as duas partes.

Tomamos como exemplo os percentuais praticados na plataforma da HotelQuando:

  • 40% de uma diária completa para uma estadia de até 6 horas
  • 45% de uma diária completa para uma estadia de até 6 horas
  • 65% de uma diária completa para uma estadia de até 9 horas
  • 70% de uma diária completa se o hóspede comprar uma fração de 12 horas

Vale reforçar que o cálculo da diária fracionada deve ser feito de acordo com a realidade de cada estabelecimento. Os percentuais acima não são uma regra.

Vantagens e desvantagens da diária fracionada

Assim como qualquer novidade ou oportunidade de negócio, as diárias fracionadas tem vantagens e desvantagens para o hotel.

As principais vantagens para o hoteleiro são:

  • Aumento do RevPar
  • Crescimento da taxa de ocupação
  • Incremento da lucratividade
  • Redução de despesas de hospedagem
  • Possibilidade de vender o mesmo quarto várias vezes ao dia
  • Complemento as vendas dos canais de venda
  • Possibilidade de atender novos públicos a exemplo dos visitantes hospitalares

Por outro lado, existem algumas desvantagens:

  • Controle de mais um canal de venda
  • Pagamento de taxas para a plataforma
  • Maior demanda de trabalho interno

Se você está se perguntando se deve ou não adotar essa tendência, a resposta é: depende.

Como gestor do hotel, você deve avaliar as questões levantadas acima. Se a sua taxa de ocupação já é interessante para manter um bom fluxo de caixa, talvez as diárias fracionadas não justifiquem o aumento do trabalho interno para pouco retorno.

No entanto, se seu hotel está localizado perto de aeroportos, grandes centros comerciais e hospitais, você terá essa demanda aos seus pés.

E afinal, quando esse serviço é útil?

Ele pode ser interessante em várias situações, mas é claro que o hóspede vai avaliar todos os prós e contras antes de decidir. Os valores oferecidos devem ser realmente competitivos para que haja a adesão.

No entanto, as pessoas tendem a consumir as diárias fracionadas em várias situações. Veja só:

1) Voos de madrugada ou compromissos agendados

Para ter a chance de descansar um pouco mais sem ter que pagar por uma diária inteira, ou sair cedo do hotel e ficar vagando pela cidade ou aeroporto. Voos cancelados e atrasos também fazem com que as pessoas procurem por diárias fracionadas.

2) Comparação de preços

Em algumas situações pode ser mais barato reservar a diária por hora do que completa. Nesse caso, o hóspede tende a comparar os serviços oferecidos em cada situação.

3) Early check-ins e check-outs

É comum chegar no lugar de destino antes do horário de check-in e ter que ficar fazendo hora para entrar no hotel e descarregar a bagagem. Uma outra situação é a antecedência da reserva. Conforme pesquisa feita pela ByHours, 67% das reservas são realizadas com antecedência máxima de 1 dia, comprovando a urgência e necessidade de ocupar um quarto quando realmente se faz necessário. Isso estaria resolvido com uma microstay.

4) Viagens curtas e com pouco tempo no hotel

Viagens a trabalho ou de estudos em que se precisa do hotel somente para descansar, tomar um banho e recarregar as energias. Em alguns casos o hóspede pode necessitar apenas utilizar o wi-fi para terminar um trabalho, ou se aprontar para uma reunião importante.

5) Usufruir dos serviços do hotel

Possibilidade de jantar e dormir fora de casa quando necessário, assim como, desfrutar por somente algumas horas de algum serviço oferecido pelo hotel, como por exemplo, academia, piscina, spa e etc. As datas especiais são alvo desse tipo de hóspede.

O mercado de viagens corporativas é forte. As empresas se preocupam em hospedar seus colaboradores de forma segura e confortável, contudo estão sempre em busca de preços melhores para reduzir os tais custos de viagem.

Sendo assim, as empresas lançam mão de parcerias para pesquisar as melhores hospedagens e preços de passagens aéreas. Fracionar a diária é claramente uma forma de economizar sem perder a qualidade desejada.

Vale a pena ou não?

Por fim, analise seus indicadores estratégicos. Eles é que vão ajudar a decidir se você deve ou não adotar as diárias fracionadas no seu hotel.

De acordo com o Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil a taxa de ocupação brasileira em 2017 foi de 50,13%, ou seja, metade das unidades habitacionais ficam vazias a maior parte do tempo. Então a pergunta é: por que não disponibilizar esses quartos para as pessoas que precisam deles por um tempo menor?

Existem alguns comportamentos que são perceptíveis entre os viajantes corporativos. Cada vez mais eles optam por viajar pela manhã para pegar um voo de volta no mesmo dia e querem aproveitar o tempo disponível para descansar, tomar um banho, trabalhar ou apenas relaxar antes de um compromisso importante.

As diárias fracionadas atendem perfeitamente essa necessidade que aumenta a cada ano. Além do mais, as pessoas tem investido maior confiança em plataformas digitais que fazem a ligação entre quem precisa, e quem oferece o serviço desejado.

Por outro lado, como já falamos aqui, existem algumas características que ajudam a identificar se é um bom negócio, ou não, disponibilizar diárias fracionadas no seu hotel, assim como, taxa de ocupação, localização e outros. Simule cenários antes de decidir.

Que os hoteleiros precisam estar de olho nas tendências, isso é fato.
E que as micro-estadias começam a ganhar fama entre os hóspedes, esse é outro fato.

E você? Vai ficar de fora dessa?

Você sabia que o Hospedin permite reservar os quartos mais de uma vez ao dia?
Faça um teste grátis e conheça mais sobre o sistema.

Conta pra gente se você já oferece diárias fracionadas no seu hotel. E se gostou do conteúdo, deixe seu like.

*esse artigo não é um publi, ou seja, não recebemos nada das empresas citadas acima. 😉

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
Share: