Plano de gestão de resíduos: como e por que fazer?

Tempo de leitura: 2 minutos
plano de gestao de residuos- como e por que fazer

Todo grande empreendimento gera resíduos e, para dar o melhor destino a eles, é preciso ter um bom plano de gestão de resíduos.

Antes, essa era uma preocupação facultativa, tida principalmente pelas redes maiores e que queriam uma imagem de serem ambientalmente corretas.

A partir da publicação da lei da Política Nacional dos Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010), isso deixou de ser uma opção para ser uma obrigação. Ou seja, você precisa ter um plano de gestão de resíduos.

Por isso, neste artigo trouxemos dicas para ajudá-lo a cumprir com esta obrigatoriedade. Confira!

Vantagens de ter um plano de gestão de resíduos

Embora hoje a gestão de resíduos seja uma obrigação, a grande vantagem é o impacto ambiental positivo. Outros pontos que podem ser destacados são:

  • Muitos hóspedes priorizam se hospedar em um hotel que tenha preocupação com o meio ambiente;
  • Melhoria da reputação diante do mercado;
  • Geração de receitas com a venda de recicláveis;
  • Junto com uma boa gestão de resíduos vem um programa interno de diminuição dos desperdícios, ou seja, auxilia na redução de custos e consequentemente aumenta a lucratividade.

Saiba mais – Gestão sustentável na hotelaria: o que você precisa saber?

5 Dicas para montar um plano de gestão de resíduos para o seu hotel

1 –  Identifique os seus tipos de lixo

Qual tipo de lixo o seu hotel produz? Responder a isso é essencial para procurar os melhores destinos.

Entre os mais comuns estão: resíduos perigosos como lâmpadas e baterias; resíduos orgânicos do restaurante ou da cozinha; lixo seco e reciclável vindo de todo o hotel, inclusive dos quartos.

2 – Separe o lixo

É necessário separar o lixo para dar o melhor destino a ele. Como será feito? Isso precisa estar no seu plano de gestão.

O ideal é usar lixeiras que permitam a separação dele nas cozinhas e ambientes de uso coletivo, mas você não pode se esquecer dos quartos. Vidros de cosméticos, embalagens, latinhas, entre outros materiais recicláveis, têm origem nos quartos.

Por isso, é indicado que você disponibilize lixeiras que permitam essa separação em cada cômodo. Há lixeiras menores, com 3 repartições, nas quais o próprio cliente separa o lixo.

3 – Cuide do óleo de cozinha

Embora muitos não se lembrem dele, o óleo de cozinha é um grande problema e se descartado no meio ambiente traz sérios danos, como impermeabilização do solo e poluição dos rios. Por isso, você deve se preocupar com ele e colocá-lo em seu plano de gestão.

Uma boa dica é fazer parcerias com empresas especializadas em fabricação de sabão que tenham como insumo o óleo e destinar o material a elas.

4 – Treine sua equipe

Tudo isso só será eficiente se a sua equipe for informada e souber agir de acordo com a sua política de gestão de resíduos. Por isso, no seu plano, não se esqueça de pensar no treinamento dos funcionários.

5 – Dê o destino correto a pilhas e baterias

Coloque locais no hotel para que o hóspede deposite as suas pilhas e baterias. O saguão de entrada e os corredores dos andares são bons locais para isso. As pilhas usadas pelo estabelecimento devem ser recarregáveis.

Solte o play para saber mais sobre práticas sustentáveis na hotelaria!

E então, gostou das nossas dicas? Como a gestão de resíduos é trabalhada no seu hotel? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue aprendendo

Suporte

Atendimento de segunda à sexta-feira das 09h00 às 12h00 e 13h30 às 18h00.
Copyright © Hospedin - Todos os direitos reservados
Ao usar o Hospedin, você concorda com nossa Política de Cookies.