Como manter a governança engajada durante a pandemia?

Tempo de leitura: 4 minutos
governanca-engajada

O setor de governança nos últimos anos precisou se reinventar e passar por mudanças significativas, se tornando alvo de preocupação para muitos hoteleiros. Isso porque, mais do que nunca, está evidente a sua importância estratégica para o negócio.

Desde o início da pandemia do Covid-19, definitivamente a governança saiu dos bastidores e se tornou decisiva na escolha do hóspede por uma hospedagem. Decisão esta que passa a se basear na confiança e na percepção de segurança transmitida.

No entanto, é importante ressaltar que qualquer setor de uma empresa é formado por pessoas, por isso seu desempenho e resultado está diretamente relacionado à motivação do time. 

E no setor de governança não é diferente! Com tantas mudanças e novos protocolos impostos ao setor, em muitos casos se viu a motivação das equipes abalada.

Sendo assim, convido você a continuar a leitura e conferir as dicas especiais para ajudá-lo nesta missão de manter seu setor de governança engajado. Confira!

3 dicas para manter a governança engajada durante a pandemia

Protagonista da operação hoteleira, a governança abraçou, desde o surgimento do Covid-19, a missão de mais do que limpar e higienizar as dependências da hospedagem.

Tornou-se responsável por garantir ao hóspede a sensação de segurança e a certeza de que seu bem-estar e saúde é prioridade para a hospedagem.

Entretanto, não há dúvidas de que tantas mudanças exigidas para o setor em tão pouco tempo foi algo bastante desafiador para os profissionais da área, que carregam anos de experiência em seus ofícios.

Mas tão desafiador quanto, tem sido para gestores hoteleiros manter o time engajado diante desta situação. E por que digo isso?

Imagine você, um profissional de excelência, reconhecido pelo seu trabalho e com ampla experiência. De repente, tudo o que dominava muda do dia para a noite e você já não reconhece o seu ofício, precisando se reinventar e aprender um novo jeito de fazê-lo. 

Pode ser assustador e até desmotivador, não é mesmo?!

Dependendo do perfil do profissional, essas mudanças podem ser desestimulantes e até desanimadoras.

Então, o que fazer para não deixar que a sua equipe se sinta insegura e desmotivada diante desta situação?

Acompanhe nossas dicas abaixo!

Dica 1: Seja o líder que eles precisam

Seja um líder paciente e empático, compreenda o que essas pessoas estão passando, buscando formas de facilitar o trabalho e o dia a dia da equipe. 

Ajude cada colaborador diante de uma dificuldade que possa surgir ao longo desta nova jornada e esteja à disposição para ouvi-los. 

Lembre-se, mudanças tão significativas no modo operante de trabalho, que muitas vezes já está intrínseco no profissional, passa primeiro por uma mudança de mentalidade.

Então, antes de cobrar quantidade e agilidade, certifique-se e reconheça a qualidade do que está sendo executado neste novo modo de trabalho da governança.

Exemplo prático:

Se no passado, você contava com uma equipe de camareiras altamente ágil em que em seu turno cada uma delas arrumava e limpava 20 UHs, agora com todas as exigências e protocolos de higienização, pode ser que o resultado reduza pela metade, entretanto a qualidade do serviço realizado será muito maior.

Tenha clareza quanto a isso e reconheça o esforço do seu time.

Leia também: Os desafios da gestão de pessoas em tempos de crise

Dica 2: Treine e capacite o time

Invista em treinamento

Esta passa a ser a principal ferramenta para manter sua equipe de governança engajada nesse momento.

Além disso, com tantas mudanças nos processos, os treinamentos são o único caminho para que sua equipe incorpore no dia a dia de trabalho os novos procedimentos.

No cenário ideal, esses treinamentos deveriam ser fornecidos a todos os colaboradores da hospedagem.

Assim todos são capazes de entender na prática o que mudou e até mesmo garantir que os protocolos sejam seguidos. 

Isso porque apesar de as mudanças mais acentuadas acontecerem na governança, todos os setores de uma hospedagem passaram por alterações significativas, cabendo ao gestor conhecer a fundo todas elas, assim como cada colaborador. 

Afinal, os hóspedes estão mais exigentes e atentos às questões de higiene e segurança e cobrarão isso da sua equipe!  

Dica 3: Garanta a segurança dos colaboradores

Neste momento em que o trabalho da sua equipe pode colocar suas vidas em risco, é sua obrigação garantir a segurança de cada colaborador, e não apenas dos hóspedes.

Investimento em EPIs são obrigatórios, mas vá além. 

Ofereça aos seus colaboradores manuais de uso e descarte desses equipamentos, e cobre de forma rigorosa a utilização dos mesmos.

Além disso, tenha o cuidado de perguntar como estão se sentido, afaste aqueles colaboradores sintomáticos, oferecendo a testagem não só a ele, mas àqueles que tiveram contato direto com um possível contaminado. 

Cuide de quem cuida tão bem do seu negócios!

A verdade é que a Covid-19 é uma realidade em nossas vidas, com o passar do tempo e evolução da vacinação, contamos com muito mais informação e esperanças para lidar com esse cenário, entretanto é uma realidade que provocou mudanças substanciais que vieram para ficar!

E você, hoteleiro, tem papel principal na determinação dessa nova dinâmica de operação, assim como sua equipe responde e se adapta a ela.

Assim, tenha clareza de que o engajamento da sua equipe é resultado de uma boa liderança, de uma gestão de pessoas muito bem feita. 

Nesse sentido, dê autonomia e confiança para seu time executar seu trabalho, isso irá levantar a moral dos colaboradores e incentivá-los a serem mais pró-ativos. 

A sua equipe é espelho da sua gestão, por isso seja você o maior incentivador do seu time!

Que tal começar a colocar já em prática as dicas dadas ao longo deste artigo? Estamos certos de que podem trazer benefícios significativos para sua equipe!

Aproveite para compartilhar nos comentários quais ações para engajamento da equipe tem aplicado na sua hospedagem!


Confira também – Governança hoteleira no pós-pandemia: de coadjuvante a protagonista

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue aprendendo

Suporte

Atendimento de segunda à sexta-feira das 09h00 às 12h00 e 13h30 às 18h00.
Copyright © Hospedin - Todos os direitos reservados
Ao usar o Hospedin, você concorda com nossa Política de Cookies.