R

Recepcionista de Hotel: funções e qualidades

recepcionista de hotel

A recepção de um hotel, como o próprio nome sugere, é o local de recepcionar a todos que chegam no estabelecimento. Logo, a recepcionista de hotel é a pessoa responsável por tudo o que envolve este setor.

Visto a importância deste cargo no setor hoteleiro, neste texto vamos falar sobre as funções desempenhadas por uma recepcionista de hotel – e outros meios de hospedagem, média salarial, qualidades de uma profissional de sucesso, entre outras dicas sobre o cargo.

Vamos lá?!

Um estabelecimento hoteleiro é lembrado por tudo o que oferece aos seus clientes: os serviços, a comida, e até a localização. Mas um dos fatores determinantes para que sua pousada seja uma referência positiva ou negativa para os hóspedes, é o atendimento.

Um bom atendimento é fator crucial para quem busca proporcionar uma ótima experiência de estadia aos seus clientes. Principalmente o atendimento da recepcionista, pois este é um dos primeiros contatos do hóspede com seu estabelecimento.

Sendo assim, arrisco a dizer que este é um dos cargos de maior importância na hotelaria. E é sobre o universo de uma recepcionista de hotel que vamos falar a seguir.

Nesse texto você vai encontrar as funções desempenhadas por uma recepcionista de hotel, a média salarial atual, quais as qualidades de um profissional de sucesso, os planos de carreira, quais cursos procurar e outras informações sobre o cargo.

Boa leitura!

Funções de um recepcionista de hotel

O cargo de recepcionista de hotel ou qualquer outro meio de hospedagem tem na sua essência recepcionar, acolher, orientar e dar apoio aos hóspedes. 

Esses profissionais carregam a marca do negócio, pois são os primeiros e últimos que o viajante vê no estabelecimento. 

Pelas atribuições bem desempenhadas do recepcionista de hotel o cliente deve ser atendido com simpatia e praticidade, além de receber todos os informes para que não se sinta perdido naquele local.

As tarefas de uma recepcionista de hotel ou pousada são muito semelhantes, para alguns locais, a depender do perfil do estabelecimento, pode-se flexibilizar algumas delas, mas de modo geral são as seguintes:

  •  Recepcionar a todos que chegarem;
  •  Atender o telefone;
  •  Verificar os e-mails recebidos e respondê-los;
  • Entregar a ficha de hotel (FNRH) e realizar o cadastro de hóspedes;
  • Fazer reservas, pré-reservas ou cancelamentos;
  • Realizar o check-in e check-out;
  • Receber os pagamentos de diárias;
  • Chamar táxi para os hóspedes;
  • Fazer o controle do mapa de reservas;
  • Manter a recepção do hotel em ordem;
  • Prestar apoio aos hóspedes;
  • Dar informações e tirar dúvidas sobre os serviços, estrutura, etc;
  •  Indicar pontos turísticos, passeios, restaurantes, etc;
  • Transmitir as informações para os demais departamentos do hotel;

Além das tarefas listadas, existem muitas outras que circulam na recepção que podem ser desempenhadas pelo recepcionista de hotel. Isso vai depender da sua proatividade e dedicação!

Sem falar na questão da proatividade, pois mesmo que o cargo demande determinadas funções, há diversas outras pequenas tarefas que tramitam pela recepção, e que podem muito bem, ser desempenhadas pela recepcionista.

Em hotéis e pousadas de maior porte, a recepcionista é subordinada ao chefe da recepção. Este é responsável por tarefas de maiores responsabilidades como, fechamento de caixa, realizar auditorias e montar escalas de folga. Já em meios de hospedagem menores, o mais comum de se ver, é o próprio dono ou gestor do estabelecimento ser o chefe da recepção.

Curiosidades:

Em hotéis de luxo com influência européia, a recepção é dividida em dois, a recepção administrativa e o concierge:

A recepção administrativa é responsável pelas tarefas mais administrativas, como cuidar do check-in e check-out. Já o concierge é o profissional responsável por prestar um atendimento personalizado ao hóspede, dedicando atenção em todas as suas necessidades.

Em hotéis de influência americana, a recepção também se divide em dois setores, o front-office e o back-office:

O front-office é responsável pelo atendimento ao público, realizando os procedimentos necessários com a chegada do hóspede no estabelecimento. Enquanto o back-office é o setor administrativo, responsável pelo controle das reservas por exemplo.

banner-blog-emailmkt

Como é o plano de carreira?

Para ingressar na área de recepcionista de hotel é exigido apenas o ensino médio completo, no entanto, para alcançar salários melhores e traçar um plano de carreira, uma graduação é desejável.

As graduações indicadas para os recepcionistas são: Administração; Marketing; Secretariado; Relações Públicas; Hotelaria e Turismo. 

Saiba mais Faculdade de hotelaria: tudo o que você precisa saber

Esses cursos preparam o aluno para a possibilidade de crescer, pois ensinam a ter uma visão de organização, de responsabilidade social, de conhecimento do meio corporativo, do que é o varejo e como trabalhar com o setor de serviços. 

Além de mostrar como se comunicar com eficiência e estudar a mídia.

Ainda assim, para se tornar um recepcionista de hotel, são necessários alguns pré-requisitos comportamentais para essa profissão:

  •  Ter paciência;
  •   Ser discreto;
  • Ter boa comunicação;
  • Ter autonomia;
  •  Saber lidar com as pessoas;
  • Ter capacidade de resolver problemas.

É importante salientar que para uma valorização do trabalho do recepcionista de hotel, falar outro idioma é desejável, sobretudo a Língua Inglesa

Salário de recepcionista de hotel

O salário de um recepcionista de hotel no Brasil, de acordo com o Guia de Profissões e Salários Catho, tem a média salarial de R$1.358,51. Esse valor pode variar para mais, ou para menos, dependendo da região do país em que se encontra o estabelecimento.

Já o site vagas.com traz uma média salarial de R$1.500,00, valor que pode chegar até R$1.858,00 de acordo com as informações dos próprios usuários da página.

Confira – Descubra o salário de hotelaria e turismo no Brasil

Características de um profissional de sucesso

É claro que, além do básico, existem certas qualidades que dão maior destaque ao perfil da recepcionista de hotel. Por isso listamos algumas características que tornam este profissional, ainda mais qualificado para suas funções:

Autonomia

Uma boa recepcionista entende realmente como o local em que trabalha funciona. E por esse motivo, não precisa ficar dependendo de superiores para resolver pequenos problemas que possam surgir. É esperado que a recepcionista esteja apta a responder qualquer dúvida do cliente e saiba encaminhá-lo para o setor que desejar. Bem como ter disposição para ir atrás de soluções adequadas às necessidades dos hóspedes.

Organização

Qualidade fundamental no perfil de qualquer funcionário, a organização permite a recepcionista de hotel tempo livre para dar atenção ao que realmente interessa: atender seus clientes. Manter seus serviços e horários de forma organizada, evita que seja necessário perder tempo na realização das tarefas diárias, ou então pedir ajuda ao gerente frequentemente, o que não é legal.

Responsabilidade

Ser responsável, é garantir que todo o trabalho delegado a recepcionista será bem feito e realizado dentro do prazo. Por isso essa característica é tão importante. Se cometer algum erro, deve tomar isso como um aprendizado, e não buscar desculpas. Se for responsável, uma recepcionista de hotel tem quase tudo para dar certo na sua função.

Imparcialidade

Antes de qualquer atendimento, uma recepcionista deve agir de forma imparcial. Seja em relação à aparência do cliente, ao seu modo de falar, ou aos seus desejos. A recepcionista de hotel não deve diferenciar ou favorecer determinados clientes, pois isso pode transparecer arrogância, o que pode pegar mal para o estabelecimento. Uma boa recepcionista preza pelo atendimento de qualidade a todo e qualquer hóspede.

Criatividade

Ser criativo é uma característica desejável para uma recepcionista de hotel, já que auxilia no bom atendimento ao cliente. Sempre mantendo a postura, é possível usar o pensamento criativo para encontrar soluções viáveis para situações inesperadas. Ou então para lidar com hóspedes que fazem exigências muito específicas, por exemplo.

Lealdade

Por último e não menos importante, a lealdade de uma recepcionista garante a confiança do gerente, pois ele sabe que tem em sua equipe alguém que pode contar para qualquer coisa. Ser leal significa ser responsável pelo local que trabalha, mantendo dedicação total para que tudo saia nos conformes, e o sigilo das informações internas.

5 dicas para ser um ótimo recepcionista de hotel

O recepcionista de hotel deve estar muito bem preparado e treinado para resolver as diversas situações que se apresentam no seu local de trabalho e saber disso e praticar é que traz diferencial ao profissional. 

Se você está na área ou deseja entrar, fique atento a essas dicas. Segui-las pode elevar a qualidade do trabalho do recepcionista e agregar valor aos ganhos.

1- Tenha um comportamento amigável

A educação e o respeito para com os demais são peças-chave na profissão, mesmo que a situação seja contrária. 

O recepcionista deve cumprimentar a todos de uma maneira amigável e acolhedora, deve evitar que os clientes esperem muito por alguma resolução, e, caso esteja ao telefone deve oferecer um sorriso. Isso demonstra atenção e cuidado.

2- Procure conhecer tudo do hotel e da localidade

Quando o hóspede se dirige ao recepcionista com alguma dúvida, seja referente aos serviços do hotel ou mesmo das atrações da cidade, ele não espera que o funcionário do hotel diga que não sabe. 

É claro que saber de tudo, às vezes, não é possível, mas se alguma informação for pedida e o recepcionista não souber, deve mostrar interesse em ir buscá-la imediatamente.

3- Seja proativo

Os viajantes, muitas vezes, não se atentam para tudo que precisam fora de suas casas e quando chegam ao hotel se dão conta disso. 

Podem ser coisas essenciais como acomodação para bebê, acessibilidade e até aqueles que chegam sem ter feito a reserva. 

Para isso, o recepcionista de hotel tem a responsabilidade de acolher essas pessoas e resolver seus problemas.

4- Entenda das tecnologias usadas no hotel

Entender as tecnologias usadas no hotel serve para orientar os hóspedes em como usá-las, mas principalmente, para o recepcionista saber resolver os problemas que podem acontecer. 

No que diz respeito ao uso dos sistemas de controle, ou seja, os softwares usados na recepção, o recepcionista de hotel deve ser treinado e fazer aperfeiçoamentos contínuos.

Leia também Tecnologia e atendimento na hotelaria: como fazer da ferramenta a sua aliada?

5- Valorize o trabalho em equipe

De nada adianta ser excepcional na recepção se a equipe que trabalha no hotel não se conecta. 

O recepcionista de hotel é a porta de entrada para um bom atendimento, mas ele precisa se certificar de que o restante dos trabalhadores do hotel esteja com a mesma vibração. 

E é por isso, que a participação em reuniões e as sugestões desse profissional são muito importantes e devem ser dadas.

Cursos para recepcionista de hotel

Conforme a prática de mercado, para trabalhar na recepção de um hotel o que se exige é o nível médio, mas existem algumas graduações e diversos cursos de aperfeiçoamento que podem e devem ser feitos para agregar valor ao trabalho desse profissional.

De um modo geral, as graduações procuradas pelas pessoas que desejam seguir carreira dentro da hotelaria são Graduação em Turismo e Graduação em Administração. 

Esses cursos existem de forma presencial, mas também na forma EAD, modelo seguido por diversas universidades.

Um exemplo de EAD já consolidado no Brasil é a Uniasselvi. O Curso Superior de Tecnologia em Hotelaria da UNIASSELVI visa formar profissionais empreendedores e inovadores na gestão de serviços de hospedagem e hotelaria. 

Para as pessoas que precisam gerir seu tempo bem de perto, uma faculdade no sistema a distância é uma saída.

Vale a pena visitar a plataforma Quero Bolsa, pois lá tem uma boa explicação sobre os tipos de formação para o setor hoteleiro, como Bacharelado, Tecnólogo, Pós-graduação e Técnico, além de indicar inúmeras instituições que fazem parceria em trazem mensalidades mais atrativas.

No que se refere a cursos rápidos, na página do Portal da Educação tem a opção de curso de aperfeiçoamento on-line “Recepção Hoteleira”. É um curso voltado para estudantes, autônomos e profissionais de todas as áreas do conhecimento, em especial Turismo, que buscam qualificação para trabalhar neste setor.

O site Portal Curso oferece o curso “Recepcionista de hotel” com um bom material e facilita o pagamento. Na plataforma da Prime Cursos, o curso de “Recepcionista de Hotel” é oferecido gratuitamente. 

E o Senac-EAD traz o curso “Recepcionista em meios de Hospedagem” com uma grade curricular otimizada para pessoas que queiram se qualificar na área de recepção de meios de hospedagem com excelência e eficiência.

Gostou desse artigo? Comente aqui se vai fazer um aperfeiçoamento na área ou deseja iniciar as atividades na área imediatamente?

O cargo de recepcionista de hotel é tão importante e estratégico que rendeu assunto também lá no nosso canal do Youtube. Confira!

CategoriesColaboradores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Hospedin