como calcular diária de hotel

Como calcular a diária do seu hotel ou pousada (parte 1)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Calcular a diária do seu hotel ou pousada não é algo complicado, mas, com frequência, os gestores dos hotéis e pousadas deixam de lado os detalhes que podem fazer a diferença no valor final.

Então se você está aqui para saber como calcular diária de hotel corretamente, você está no lugar certo. Ou ainda se você tem dúvidas de como funciona a diária de uma pousada, você também está no lugar certo.

Nesse texto a gente te explica tudo o que você precisa saber sobre precificação de diárias. Confira!

Pesquisar e planejar é preciso

É comum que os preços sejam formados com base em algum índice pré-estabelecido pelos hoteleiros e pousadeiros ou somente através do conhecimento básico de mercado hoteleiro que eles, normalmente, têm.

Formar o preço de um produto ou serviço vai além de apenas estabelecer um valor de venda com base nos custos levantados. É preciso estar atento às questões como: preços praticados no mercado, competitividade, demanda, preço que o hóspede está disposto a pagar, entre outros.

A precificação mais assertiva, deve partir de um Plano de Negócios, quando o hotel ou a pousada ainda está em fase inicial, ou de um Planejamento Estratégico para aqueles que já avançaram no mercado. Esses documentos norteiam uma estratégia de preços bem sucedida.

Nosso objetivo é desmistificar a formação de preços, mostrando de forma simples e prática como isso deve ser feito no seu hotel ou pousada sem deixar de lado a estratégia da empresa.

Antes de sair calculando…

Ter conhecimento total sobre as receitas e despesas do hotel ou da pousada é fundamental. A classificação das despesas e receitas pode ser facilmente gerenciada com a ajuda de um sistema de gestão hoteleira, onde é possível acompanhá-los de forma estratégica.

A análise dos dados do seu hotel ou pousada, considerando o longo prazo, é essencial na formação de preços, ajustes, descontos e promoções ao longo do ano. Além das receitas e despesas, existem outras informações que podem ser analisadas antes de calcular a diária do seu hotel ou pousada. Veja abaixo:

  • Características do hotel ou pousada: se é novo, se tem acessibilidade, se atende algum público específico, localização, etc;
  • Imagem da marca;
  • Classificação do hotel;
  • Tempo médio de estadia;
  • Demanda real e potencial;
  • Alterações nas reservas que impactam no overbooking;
  • Taxa de ocupação e sazonalidade;
  • Produtos e serviços oferecidos;
  • Concorrentes.

Indicadores estratégicos

Alguns autores estabelecem que os métodos para levantamento de custos e formação de preços devem levar em consideração alguns indicadores estratégicos do mercado hoteleiro.

Desta forma, o gestor precisa acompanhar periodicamente tais indicadores, seja manualmente ou através de um sistema hoteleiro. Conheça alguns destes indicadores estratégicos:

1. Custos versus Preço: verificar a evolução dos custos e dos preços de venda em determinado período.

2. Taxa de ocupação
TO (%) = (UHO / UH) x 100
Em que:
TO (%) = Taxa de ocupação de um período
UHO = Unidades de hospedagens ocupadas no período
UH = Unidades de hospedagens existentes no período

3. Diária média
DM = RTH / NDV
Em que:
DM = Diária média
RTH = Receita total de hospedagem no período
NDV = Número total de diárias vendidas no período

4. RevPar (Revenue per Available Room): receita por unidade habitacional disponível. Esse indicador complementa a análise de diária média e taxa de ocupação para avaliar a competitividade do hotel.

Métodos para calcular a diária do seu hotel ou pousada

Existem métodos conhecidos no mercado de hotelaria para organizar o processo de precificação. Vejamos alguns:

Fórmula Hubbart

A Fórmula Hubbart é bastante conhecida no meio hoteleiro e fortemente disseminada nos cursos de hotelaria. Essa fórmula tem como base todos os custos de operação acrescidos de comissões e impostos divididos pelo número de acomodações em um determinado período, considerando a taxa de ocupação.

Os métodos baseados em custos são os mais utilizados e nesse tipo de precificação deve-se considerar o retorno desejado sobre os investimentos realizados no estabelecimento ou a margem de lucros desejada.

Método baseado nos concorrentes

Após chegar a um preço de diária média é importante analisar o que tem sido praticado pelo concorrentes. O hoteleiro poderá optar por seguir a determinação da oferta, ou seja, quando se cobra o preço de acordo com o que é praticado pelos concorrentes ou poderá fixar seu preço sobre o julgamento de quanto os seus concorrentes irão cobrar futuramente.

Para fazer esse ajuste de preços o gestor deverá analisar se será necessário reduzir custos ou mexer na sua margem de lucros.

Método baseado nas características do mercado

Outro ponto relevante que poderá ser analisado a partir do preço da diária média é com relação ao mercado. Nesse momento pode-se verificar qual é a classificação do hotel ou da pousada, assim como as características especiais do estabelecimento e seu público alvo. Conhecendo essas questões é possível decidir se a diária poderá assumir um preço mais alto condizente com que o hóspede está disposto a pagar para usufruir do hotel ou pousada.

Vale ressaltar que os métodos não precisam ser aplicados conjuntamente, mas, se isso for feito, o preço médio da diária terá uma assertividade maior. Exploraremos os métodos qualitativos (concorrentes e de mercado) na parte 2 deste artigo.

Para exemplificar a formação de preços, vamos finalizar este artigo com um estudo de caso fictício do Hotel Souza e Silva.

Estudo de caso – Hotel Souza e Silva

O Hotel Souza e Silva tem 5 anos de existência e é referência na cidade de Jaraguá do Sul, Santa Catarina. O estabelecimento funciona o ano todo sendo que nos dias de semana, fica ocupado pelos hóspedes corporativos e nos finais de semana é preenchido pelos hóspedes a lazer.

Observe abaixo como foi realizada a formação de preços do Hotel Souza e Silva, considerando a Taxa de Ocupação média de 80% realizada em 2016.

Informações do Hotel

Custos Variáveis

Custos Fixos

Desta forma, podemos chegar aos custos mensais do Hotel Souza e Silva.

Estrutura custos

Para aplicar a Fórmula Hubbart é necessário chegar aos custos anuais, conforme podemos ver na imagem seguinte. Vale ressaltar que no ano de 2016 o Hotel Souza e Silva investiu R$ 100.000,00 na modernização do sistema de climatização do estabelecimento inteiro e espera ter o retorno de 10% ao ano sobre esse investimento.

Fórmula Hubbart

Aplicando a Fórmula Hubbart:
DM = TG / ((TUH*TO)*12)
Em que:
DM: Diária média
TG: Total geral de custos anuais + valor do retorno desejável
TUH: Total de Unidades de Hospedagem
TO: Taxa de Ocupação

Assim, o Hotel Souza e Silva poderá praticar o preço de diária média de R$ 376,85 para pagar os seus custos e obter um retorno de 10% ao ano sobre o investimento de R$ 100.000,00. Nessa precificação ainda poderia ser incluída uma margem de lucros.

Na parte 2 deste artigo veremos como considerar os fatores qualitativos sobre esse preço de diária média, clique aqui e confira.

Deu pra entender como calcular diária de hotel, ou até como funciona uma diária de pousada na prática? Então conte para nós nos comentários abaixo, se esse artigo foi útil para você. =)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
Share: