A onda do turismo rural

A onda do Turismo Rural: o que fazer para aproveitar esse momento

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Para quem busca tranquilidade e sossego, viajar para áreas rurais é uma opção considerável. Buscando uma fuga na rotina movimentada, muitas pessoas sentem necessidade de conviver com a natureza e com os momentos simples que ela proporciona.

Segundo o Idestur (Instituto de Desenvolvimento do Turismo Rural), o número de turistas em propriedades rurais cresceu 35% entre 2014 e 2015. Essa procura tem aumentado cada vez mais, uma vez que no Brasil são diversos os destinos para aproveitar o ambiente rural.

Mas, como investir no turismo rural? Como aproveitar esse momento para receber turistas em sua propriedade?

Para entender este conceito, turismo rural é o conjunto de atividades turísticas desenvolvidas no meio rural, comprometido com a produção agropecuária, agregando valor a produtos e serviços, resgatando e promovendo o patrimônio cultural e natural da comunidade.

Os empreendedores rurais devem entender o potencial turístico de sua região. Essa informação permite a união entre vários produtores a fim de promover e potencializar o polo turístico em comum.

Produtos e serviços

Segundo o Ministério do Turismo, além das propriedades, os atrativos e produtos existentes no campo podem ser uma opção para os turistas. Por isso, é importante entender o que é produzido e ofertado na região e que podem ser explorados:

  • Bebidas e alimentos in natura – cereais, peixes, frutas, legumes, verduras orgânicas;
  • Vinho, doce, mel, aguardente, pão, embutidos;
  • Artesanato e outros produtos associados ao turismo;
  • Criação de animais;
  • Atividades equestres e de pesca;
  • Atividades de ecoturismo, esportes de aventura, caminhadas;
  • Atividades pedagógicas no ambiente rural;
  • Manifestação folclórica, música, dança, tradições religiosas;
  • Gastronomia, saberes e fazeres locais;
  • Atividades recreativas no meio rural;
  • Visitação a fazendas, casas de cultura e ao patrimônio.

O valor da experiência

Todo destino tem suas próprias características, história e curiosidades e, portanto, podem ser criadas diferentes experiências turísticas. Antes de promover a propriedade é importante definir quais serviços serão oferecidos. Passeios a cavalo, pesca, trilhas em cachoeiras, colheita de frutas e verduras na lavoura, degustação de pratos e bebidas típicas, fabricação de cervejas, etc. Saber explorar o potencial da área é essencial para quem deseja oferecer uma experiência inesquecível aos turistas rurais.

O produtor precisa estar preparado. Interagir com os turistas e apresentar o campo para quem conhece pouco demanda disposição, interesse e paciência.

Para evitar acidentes com os turistas é fundamental ter consciência ambiental, prestando atenção nos procedimentos rotineiros que são realizados no campo como aplicação de agrotóxicos nas plantações, por exemplo.

Além disso, o empreendedor rural deve preencher todos os requisitos técnicos, disponíveis no site da Idestur.

A prática do turismo rural proporciona melhoria das condições de vida das famílias que vivem no campo, promove o intercâmbio cultural, gera novas oportunidades de trabalho, além de diversificar a economia regional e melhorar a infraestrutura de transportes, comunicação e saneamento.

Os turistas que desejam ter uma experiência no campo estão interessados no conjunto constituído pela atividade produtiva, pela natureza e pelo modo de vida que são diferentes da paisagem e do ritmo urbano.

Aproveite a onda do turismo rural para mostrar a importância de valorizar as culturas e tradições regionais, oferecendo alternativas diferentes para os turistas.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
Share: