Trabalhar com hotelaria em Portugal: porque atrai brasileiros?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Você concorda com a gente que trabalhar com hotelaria já é uma delícia, não é mesmo?! Imagina trabalhar em outro país e pegar todo o know how do lugar. No mínimo divertido e enriquecedor!

Isso tem chamado demais a atenção por aqui, pois cada vez mais se vê brasileiros indo trabalhar em outros países e a bola da vez é Portugal.

E qual o motivo dos brasileiros serem atraídos para trabalhar com hotelaria em Portugal?

Um dos pontos principais é a empregabilidade, pois Portugal atrai turistas o ano todo. Com isso, um dos mercados de trabalho mais promissores do país é o setor hoteleiro.

Mas queremos te explicar tudo nesse artigo, pois o fizemos com esse intuito.

Aqui você vai saber como trabalhar em hotelaria em Portugal, por que brasileiros optam por trabalhar com hotelaria no país, como foi a evolução da hotelaria em Portugal e sobre as principais vagas para trabalhar na hotelaria portuguesa.

Fica aqui nessa leitura e saiba mais sobre essa oportunidade.

Como trabalhar com hotelaria em Portugal?

Se você não tem cidadania portuguesa ou europeia vai precisar de um visto de trabalho. Isso é fundamental! Ele é concedido a quem consegue um contrato ou uma promessa de trabalho em Portugal. 

Nessa modalidade, todo o processo é realizado ainda no Brasil e o visto é garantia de entrada em Portugal de forma legalizada para exercer atividade subordinada de trabalho.

Uma forma de conseguir essa promessa de trabalho é por meio de sites especializados em vagas de turismo, como o TuriJobs e o TuriLink. Vale a pena conhecê-los.

Mas, além disso, o mercado é exigente e é necessário no mínimo saber falar inglês e espanhol para trabalhar em um bar ou restaurante.

Para se garantir na profissão siga esse check-list:

  • Tenha um passaporte: esse é o único documento aceito para transitar em Portugal e na Europa. E lembre-se da validade, a exigência é que ele tenha pelo menos 3 meses de validade.
  • Emprego garantido ou a promessa de trabalho: você precisa visitar os sites de emprego em Portugal e conseguir uma promessa de trabalho ou mesmo o emprego garantido, assim o visto sai mais fácil.
  • Visto de trabalho: isso se faz necessário para quem não tem cidadania portuguesa ou europeia. Para pedir o visto de trabalho a indicação é o Centro de Solicitação de Visto mais próximo quando se ainda está no Brasil.
  • Faça o PB4 ou seguro saúde privado: nunca se descuide da saúde! Quando estiver solicitando o visto, é preciso providenciar o PB4, um documento que dá acesso ao sistema público de saúde em Portugal, ou um seguro viagem privado, que cobre as despesas médicas no país. Os dois são muito importantes e não podem ser negligenciados.

Percebe-se que é um caminho árduo para alcançar esses postos de trabalho, mas também sabe-se que consegui-los traz muitos benefícios à carreira do profissional hoteleiro.

Por que brasileiros optam por trabalhar com hotelaria em Portugal?

Primeiramente, morar em Portugal é um desejo de muitos brasileiros porque o país esta em 4º lugar no ranking de países mais seguros do mundo. Isso não é pouca coisa!

O setor de turismo em Portugal é um dos mais fortes do país e engloba áreas de hotelaria, restaurantes, passeios turísticos e muitas outras que se beneficiam indiretamente.

Então, imagine poder trabalhar com o que se gosta e ainda usufruir de um país muito bom de se viver. É um grande chamariz, você não acha?!

Veja algumas vantagens do país:

  1. É lindíssimo: possui uma arquitetura histórica muito admirada, contempla belezas naturais e tem Lisboa que é um ambiente muito urbano e moderno.
  2. É barato viver em Portugal em relação à Europa: é possível viver bem com o salário mínimo do país. Dos países da Europa ocidental, Portugal pode ser considerado um dos mais baratos para se viver.
  3. Possui clima agradável: as 4 estações do ano são bem definidas, mas com temperaturas amenas o ano inteiro. Um clima fácil de se adaptar e onde se pode aproveitar todas as estações.
  4. A língua é próxima da falada no Brasil: guardadas as suas diferenças é de possível entendimento. É só estar aberto e prestar bastante atenção no sotaque e na velocidade com que falam os portugueses.
  5. Educação pública é muito boa: o Governo de Portugal investe pesado em educação e isso reflete nas escolas de um modo geral. Os maiores investimentos são na formação de professores, nos prédios e na introdução de tecnologias no ensino.

Evolução da hotelaria em Portugal

O fato das receitas do turismo serem uma das maiores fontes de renda no país, levou o Governo de Portugal a encará-lo segundo uma nova perspectiva. 

Assim, se investe muito em campanhas de promoção e múltiplas medidas de incentivos ao desenvolvimento do turismo e hotelaria, para aumentar a sua capacidade de acolhimento.

A partir dos anos 50, surge o hábito entre as famílias portuguesas de se deslocarem internamente durante os verões, o que intensifica o turismo por lá. 

O desenvolvimento econômico acelerado dos países do Norte da Europa, o direito a férias pagas para todos os trabalhadores e a diminuição do custo das viagens, fez com que aumentasse de forma explosiva a procura turística.

Por esse motivo, hoje em Portugal, não sair de férias, ou seja, não fazer turismo, é sinônimo de ser antiquado e de destoar do comportamento típico das sociedades modernas. O povo português não quer mais isso!

De acordo com dados do Governo, o turismo em Portugal, apesar de constituir um fenômeno relativamente recente como atividade econômica organizada, já apresenta uma considerável diversificação e segmentação. 

Nesse sentido, destaca-se ainda a força do turismo balnear litoral ou turismo de sol e mar no país.

Principais vagas para trabalhar na hotelaria portuguesa

Conforme dissemos antes, o mercado é exigente e é necessário, por exemplo, no mínimo saber falar inglês e espanhol para trabalhar em um bar ou restaurante.

Por isso é necessário estar preparado antes de querer trabalhar em Portugal. Isso envolve correr atrás das vagas de emprego, fazer várias entrevistas e não desistir até conseguir a sua vaga.

O salário médio em 2019 foi 654€, pouco menos que os 665€ do salário mínimo de Portugal em 2021. 

Porém, com a escassez de profissionais na área, algumas empresas aumentaram os salários, em troca de exigências maiores dos candidatos, como inglês fluente e carteira de motorista.

Segundo o site eurodicas.com, a melhor maneira de encontrar vagas de emprego, é fazendo uma busca nos sites de emprego em Portugal. A seguir segue uma lista de alguns dos sites generalistas de emprego que podem ajudar quem está começando na busca:

Confira Vagas em hotel: como se preparar para garantir o cargo?

Depois dessas informações é muito importante saber que tudo tem suas vantagens e desvantagens. Por isso, deixaremos uma lista delas para ajudar na sua decisão:

Vantagens de trabalhar em Portugal com hotelaria

  • Experiência internacional no currículo;
  • Conhecer e trabalhar com pessoas do mundo todo;
  • Receber em euros, moeda que atualmente custa de 6 a 7 vezes o valor do real;
  • Garantir o direito a uma autorização de residência – e com 5 anos de residência legal pode pedir nacionalidade portuguesa;
  • Abre portas para trabalhar no mercado europeu;

Desvantagens de trabalhar em Portugal

  • É preciso persistir para conseguir uma vaga na sua área de atuação. Precisará concorrer com os nacionais e ter um currículo mais competitivo que eles para conseguir uma vaga;
  •  É preciso entender as leis trabalhistas em Portugal, que são diferentes das brasileiras;
  • Solicitar o NISS (Número de Identificação da Segurança Social) é um processo lento e muitas vezes o trabalhador fica com o contrato em espera para assinar até que a Segurança Social liberte o número, lá existe muita burocracia.

Agora conta para a gente: nasceu em você a vontade de tentar a sorte e trabalhar com hotelaria em Portugal?

Leia também: Hotelaria internacional: como acompanhar tendências e se inspirar

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
Share: