o-que-é-check-in-no-hotel

O que é check-in e check-out no hotel

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Como em todas as áreas, a hotelaria possui alguns termos que definem ações importantes dentro do seu universo. O processo de entrada e saída de um hotel, por exemplo, traz duas palavras em inglês que são usadas frequentemente: check-in e check-out.

Quem não está habituado a essas expressões da hotelaria pode se confundir ao ouví-las, por isso, neste artigo vamos lhe esclarecer o que é check-in e check-out no hotel, e o que acontece exatamente em cada uma dessas etapas. Confira!

O que é check-in no hotel

Esse é o termo usado para definir a entrada de um hóspede no hotel – que geralmente começa a contar a partir do meio dia. Neste momento, os colaboradores devem estar devidamente preparados para fornecer e solicitar todos os detalhes sobre a estadia. O hóspede deverá informar o número da reserva, se houver, e na sequência, confirmar os dados pessoais, tipo de apartamento, número de pessoas, duração da hospedagem e a forma de pagamento.

Além disso, o colaborador deverá pedir ao cliente que preencha a Ficha Nacional de Registro de Hóspedes (FNRH).

Posteriormente, a chave do quarto, ou um cartão de identificação (este funciona como uma chave e é através dele que será possível entrar na acomodação), será entregue ao hóspede. Além disso, este é o momento em que o colaborador passa ao hóspede todos os detalhes sobre os serviços do hotel como horário do café da manhã, horários das arrumações, localização do restaurante, piscina e outros espaços, bem como a data e horário do término de sua estadia.

O que é check-out no hotel

o processo de saída do hóspede no hotel é definido como check-out. Nele, o hóspede deve desocupar o quarto, retirar seus pertencentes e se dirigir à recepção para devolver a chave, ou o cartão de identificação, e efetuar o pagamento de possíveis débitos – como consumo de produtos do frigobar, por exemplo.

Geralmente, o check-out deve ser realizado até o meio dia. Após esse horário poderá ser cobrada uma tarifa adicional que permite que ele fique no hotel até às 18h. Caso o hóspede não desocupe o quarto, será cobrada a tarifa completa até o dia seguinte. Mas vale lembrar que os horários e as tarifas aplicadas variam de um estabelecimento para outro.

Além disso, no momento do check-out, é importante que os colaboradores sejam cordiais e agradeçam ao cliente sobre sua escolha.

Posteriormente, a nota fiscal e uma pesquisa de satisfação devem ser enviadas para o e-mail do hóspede para que o processo seja concluído com sucesso.

Seja no check-in ou no check-out, é fundamental destacar que o hóspede espera rapidez. No primeiro momento, ele pode estar cansado ou ansioso para aproveitar a viagem; no segundo, com pressa para ir embora ou embarcando para uma nova viagem. Portanto, capriche! A eficiência nos processos pode fazer a diferença na experiência e na impressão que o cliente terá sobre o seu hotel.

Leia também: Recepção de hotel: 8 dicas para um bom funcionamento

Leia também: Glossário Hoteleiro: termos técnicos para hotéis

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
Share: