Avaliação de desempenho de funcionários: como aplicar no seu hotel?

Tempo de leitura: 5 minutos
avaliacao-de-desempenho-de-funcionarios

Dar um retorno para o funcionário sobre o seu desempenho é essencial para que ele saiba os seus pontos fortes e aqueles em que precisa melhorar. A avaliação de desempenho de funcionários faz esse papel quando fornece indicadores para o hoteleiro.

Além disso, com o hábito de fazer essa avaliação, o hoteleiro sabe exatamente quem está à frente do seu negócio e pode tomar decisões mais acertadas sobre a política de cargos e salários.

Sendo assim, dada a importância deste tema, elaboramos este artigo. Com a leitura esperamos que você possa estruturar uma avaliação de desempenho para o seu negócio. Que você tenha conhecimento do que é essa ferramenta, quais os tipos mais comuns e, ainda, conseguir aplicar com o melhor aproveitamento na hospedagem.

Então, fique com a gente na leitura!

O que é avaliação de desempenho

A avaliação de desempenho é um processo formal dentro das empresas, no qual o colaborador é avaliado. Isso é feito, de modo geral, pelo líder ou pelo setor de Recursos Humanos (RH). Na ocasião, com uma estrutura bem definida, se analisa um conjunto de fatores que geram uma pontuação que classifica o colaborador em seu desempenho. Nesses fatores também são incluídas as características pessoais do funcionário.

A base para fazer a avaliação de desempenho pode ser através da comparação de resultados do colaborador com os outros membros da equipe de mesma função, mas também pode ser por meio da análise temporal. Nesse caso, compara-se o funcionário com seu próprio desempenho ao longo do tempo, em média de 3 em 3 meses.

Além das habilidades pessoais, comportamento no clima organizacional, a capacidade de atingir metas tem papel fundamental nessa avaliação.

Tipos de avaliação de desempenho mais conhecidas

É certo dizer que a avaliação de desempenho 360° é bastante utilizada para lidar com o comportamento dos funcionários. Nessa avaliação o feedback chega de todos os lados para o colaborador. O funcionário é avaliado pelos pares, pela chefia e por todos que têm contato com ele, isso inclui até os hóspedes.

No entanto, existem outros tipos de avaliação de desempenho bastante conhecidas e utilizadas também. Veja algumas:

Avaliação 90 º

É uma avaliação de desempenho mais tradicional e a análise vem de forma hierárquica, de cima para baixo. Nessa avaliação é o líder que dá o parecer sobre o comportamento e desempenho do funcionário.

Avaliação de 180º

Aqui tem-se uma avaliação de mão dupla, pois na avaliação de desempenho 180º o líder avalia o funcionário e recebe em troca uma avaliação também. 

Avaliação de 270º

Neste modelo, o funcionário é avaliado pelo seu chefe, e também, por pessoas que ocupam cargos semelhantes ao seu.

Autoavaliação de desempenho

É por meio dessa avaliação que o funcionário obtém consciência do seu papel dentro do hotel. Com as perguntas bem elaboradas, tem-se uma auto análise por parte do avaliado.

Escala Gráfica

Trata-se de enumerar de 0 a 5 ou apenas quantificar desde péssimo a ótimo o serviço, comportamento, desempenho do funcionário. Essa avaliação é de fácil aplicação e compreensão, mas não traz muito discurso acerca do que está sendo analisado. 

Avaliação de desempenho por competências

Aqui o foco é sobre os conhecimentos e habilidades do colaborador. Ou seja, o hoteleiro deve listar as competências exigidas para a função do colaborador e verificar se ele consegue cumpri-las e de que forma. 

Avaliação de desempenho por metas e resultados

Nada mais é do que medir se o funcionário atingiu as metas propostas e entregou um bom resultado.

Leia também: Como ter uma equipe hoteleira motivada e produtiva

Vantagens da avaliação de desempenho de funcionários

Pode-se dizer que a vantagem mais forte dessa ferramenta é que ela reforça o diferencial competitivo das organizações. Um hotel que tem o hábito de fazê-la, sabe o tipo de funcionário que possui e o quanto esse profissional de hotel pode oferecer diariamente.

Na avaliação, dados do clima organizacional também são observados. Por isso, na estrutura da avaliação deve conter questões que indiquem como é o tratamento recebido pelos colaboradores dentro do hotel, ou seja, de que clima organizacional está-se falando? Com isso, é possível elencar ações de melhoria para o ambiente interno.

Além da melhora no clima organizacional, outra vantagem de se fazer a avaliação de desempenho é o próprio investimento no crescimento de cada funcionário. Ao receber o feedback de sua avaliação, o funcionário pode aumentar o nível de desempenho e entender a responsabilidade que possui dentro do hotel.

Com isso, a avaliação de desempenho permite promover o autodesenvolvimento e autoconhecimento dos colaboradores.  Com esse conhecimento em mãos, o hoteleiro consegue visualizar quem pode receber uma promoção, quem deve mudar de setor, qual potencial não está sendo explorado e que contribuição o funcionário dá ao negócio.

Desafios da ferramenta

O maior desafio encontrado em algumas análises de desempenho é o fato de serem subjetivas demais. Pois, isso pode gerar desmotivação no colaborador e até críticas pós avaliação.

Por isso, fazer uma avaliação objetiva e bem estruturada é o caminho para torná-la uma ferramenta de controle e monitoramento no hotel. O desafio é fazer com que essa ferramenta possa se transformar em algo que acrescente na vida profissional do colaborador e em consequência, nas receitas do hotel.

Outro desafio relacionado ao hábito de usar a avaliação de desempenho de funcionários é fazê-la sem alinhamento com os objetivos do negócio. Ora, antes de avaliar o que os funcionários estão entregando, é fundamental saber o quê o hotel precisa. Que planos o hoteleiro tem para seu empreendimento? Senão, não faz sentido realizá-la.

Vale lembrar que cada funcionário é um ser em especial e o desempenho dele é uma parte do seu comportamento humano. Sendo assim, esperar que um funcionário extremamente tímido entregue sorrisos e acolhimento na recepção pode ser algo que o hoteleiro deseje e avalie, mas certamente não é o que a pessoa consegue fazer.

Como implementar no seu hotel

A implementação da análise de desempenho requer atenção especial, visto os inúmeros desafios que a acompanham. Por isso, esse processo dentro do hotel precisa ser informativo e capaz de medir a conduta dos funcionários e da cultura organizacional hoteleira.

Outro ponto importante é que ao fim da avaliação, é preciso dar um parecer aos funcionários que participaram. Pode ser algum tipo de prêmio ou novos desafios se o resultado for positivo. Caso seja um resultado negativo, pode-se pensar em investir no treinamento do funcionário ou mudando-o de cargo para que se adapte melhor, por exemplo.

Deve-se pensar que a avaliação de desempenho não vai mudar aquilo que é da essência do colaborador. Pois todos têm pontos fortes que devem ser incentivados e os pontos fracos que podem ser trabalhados e melhorados, mas não precisam ser foco de mudança.

Passos para fazer uma avaliação justa

Dada a importância da avaliação de desempenho de funcionários e os benefícios que ela pode revelar, o processo precisa ser realizado no seu hotel. Mas, já saiba de antemão que ele impacta na vida do funcionário e na do hoteleiro também. Veja esses passos para obter uma direção:

  • Escolha o método que será utilizado;
  • Elabore o questionário com base nas respostas que procura;
  • Trabalhe com escala de avaliação para gerar gráficos posteriores;
  • Analise os resultados;
  • Apresente o feedback para o funcionário.

Agora veja esses exemplos de questões que podem ser utilizadas na avaliação de desempenho individual:

  • Qual a sua motivação dentro do hotel?
  • Enumere as tarefas que mais gosta de fazer e explique por quê?
  • Em uma escala de 0 a 10, como você classifica sua relação com os colegas?
  • Sobre comunicação interpessoal, como você se avalia? Ruim, bom ou ótimo?
  • Você se considera um funcionário flexível? Sempre, às vezes ou nunca?

Lembre-se de bolar uma avaliação que possa ser medida posteriormente e te dê clareza para conversar com o funcionário do hotel. Você pode pensar em 12 a 15 perguntas: nas 5 primeiras procure respostas para o comportamento, nas outras 5 seguintes as respostas para relações de trabalho e nas cinco últimas para capacidade técnica, por exemplo.

Como visto, não existe a melhor avaliação de desempenho de funcionário, isso vai depender dos objetivos os quais você deseja chegar e, principalmente o que se adequa ao seu hotel. O importante aqui é tornar esse processo algo constante e usufruir dos benefícios que ele pode oferecer.

Veja também:

E antes de ir, comenta aqui qual o seu maior desafio quando o assunto é gestão de pessoas?

Compartilhe

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue aprendendo

Suporte

Atendimento de segunda à sexta-feira das 09h00 às 12h00 e 13h30 às 18h00.
Copyright © Hospedin - Todos os direitos reservados
Ao usar o Hospedin, você concorda com nossa Política de Cookies.