6 estratégias de gerenciamento de receitas para hotelaria

Tempo de leitura: 5 minutos
estrategias-de-gerenciamento-de-receitas

Ao se trabalhar com hotelaria há uma possibilidade real de se conectar com os hóspedes e criar momentos inesquecíveis na vida deles. A experiência do cliente leva muitas pessoas a oferecerem serviços extraordinários aos viajantes, por exemplo.

No entanto, para ser um hoteleiro é preciso também ter as contas na ponta do lápis. Afinal, para se ter um meio de hospedagem de sucesso não basta apenas oferecer quartos para reservas, é preciso estar atento à gestão. Para isso, além de saber todos os gastos de um hotel, também é necessário conhecer as melhores estratégias de gerenciamento de receitas na hotelaria.

Nesse artigo queremos te apresentar algumas boas estratégias e como aplicá-las de forma proveitosa, inclusive na ampliação do seu negócio.

O que é gerenciamento de receita?

O conceito de gestão de receita se tornou popular na hotelaria quando se buscou alcançar ótimos resultados financeiros, otimizar a receita e fazer crescer os ganhos em relação a cada quarto. Isso quer dizer, vender hospedagens pelo melhor preço, fazer o cliente feliz com isso e obter lucros com o negócio.

Assim, em um sentido restrito, o gerenciamento de receita na hotelaria é o trato com as receitas advindas da reserva dos quartos. Vale lembrar que o mesmo quarto pode possuir preço diferente dependendo da demanda.

O gerenciamento de receitas usa a análise de dados, indicadores e relatórios de desempenho para visualizar as demandas que o hotel está sujeito e, com isso, fornecer insumos para uma tomada de decisão assertiva em relação às ofertas, preços, distribuição e obter lucros.

Fazer esse controle é muito importante porque permite ao hoteleiro tomar as melhores decisões baseado na realidade do hotel e não em suposições e achismos.

No fim, o gerenciamento de receitas é como o hoteleiro vende os quartos, lida com a demanda do seu estabelecimento e como vai ganhar dinheiro com isso.

Revenue Management no hotel

Na hotelaria, a estratégia de gerenciamento de receitas mais conhecida é baseada nas receitas dos quartos. É um  processo que visa oferecer os quartos para os clientes certos, pelo melhor preço estudado com a finalidade de maximizar os resultados financeiros.

Quando se fala de Revenue Management (RM), está-se falando na expansão desse conceito para o hotel por inteiro, com os mesmos princípios sendo aplicados a todas as fontes de receita, incluindo alimentos, bebidas e lazer.

A dica então, é que se domine a gestão das receitas do hotel e, depois com o know-how na área, se expanda para todo o resto e obtenha lucro com essa atitude.

Se você deseja saber como fazer Revenue Management fique de olho nessas dicas:

  1. Tenha uma boa estratégia de tarifas e promoções;
  2. Faça a análise da movimentação do hotel em qualquer tempo;
  3. Saiba o comportamento de consumo dos clientes em todos os setores do hotel;
  4. Fiscalize os gastos com as despesas;
  5. Faça compras inteligentes para o restaurante;
  6. Treine o seu pessoal para fidelizar os clientes;
  7. Economize onde for possível;
  8. Nunca comprometa a qualidade do seu serviço.

Saiba mais sobre RM nesta aula:

Como fazer o gerenciamento das receitas do seu hotel

Aqui compilamos algumas informações para que além de aplicar as melhores estratégias na operação, você consiga fazer a gestão das receitas.

Tudo passa primeiro por um controle bem rigoroso de registro, por isso não deixe de acompanhar a oferta e demanda dos quartos. Lembre-se que é nos registros que serão pautados os relatórios que devem ser analisados. Isso pode até ser feito de forma manual, mas um sistema de gestão hoteleira será uma “mão na roda” para facilitar a sua vida.

Para ter uma previsão eficiente das receitas futuras, utilize o histórico de informações das reservas. Isso inclui os dados dos livros de registro ou do sistema de gestão (PMS), do restaurante e até das mídias sociais do hotel. O importante é saber em que época acontece a baixa e a alta das reservas.

Outro ponto importante é analisar o calendário anual, pois os feriados importam muito. Tem pessoas de todos os jeitos que adoram viajar nos feriados e se for um daqueles que vira feriadão, a reserva quase se garante.

Além disso, conheça o seu público-alvo e o seu concorrente. Pois, saber como o seu público-alvo se comporta, quais são seus desejos e como pode atraí-los, ajuda em uma previsão de receitas bem-feita e a procurar de forma estratégica os hóspedes certos para cada temporada. Isso se aplica também aos seus concorrentes, uma vez que saber como eles atraem os hóspedes e se seu hotel é competitivo pode impactar, novamente, no gerenciamento das suas receitas.

6 estratégias de gerenciamento de receitas

Um dos objetivos de gerenciar a receita do hotel é elevar os ganhos por quarto disponível, seja na tarifa ou mesmo na taxa de ocupação. Diante disso, separamos 6 estratégias para te auxiliar nesse propósito:

1- Conheça o mercado

Como mencionado anteriormente, estudar seus concorrentes e seu público-alvo é a base para saber o que vai oferecer e, em consequência disso, poder lotar seu estabelecimento. O ideal é encontrar os padrões existentes entre os clientes para poder formar a sua oferta, ou no mínimo, saber o que não oferecer às pessoas.

2- Envolva os departamentos do hotel

Para encontrar o sucesso na gestão de receitas é preciso manter os setores do hotel em concordância com o objetivo. Dessa forma, a ajuda aparece e será bem utilizada. O auxílio dos outros departamentos do hotel vai orientar alguns ajustes necessários e garantir a colaboração deles.

3- Tenha os dados corretos visíveis

Fazer o registro correto das reservas, sua demanda, seus preços, os hóspedes comuns e uma série de dados relevantes é fundamental para criar as melhores estratégias de gerenciamento de receitas. Se os dados são confiáveis já se ganha por não incorrer no erro de apostar sem ter base concreta. Imagina coletar informações não confiáveis e lidar com previsões sem embasamento?

4- Aposte nos preços por demanda

Nesse caso, o mercado é quem manda. Acostume-se a mudar o preço do quarto de acordo com a procura. Pode ser diariamente e até várias vezes ao dia, dependendo da situação. Uma alta demanda, como em festas comemorativas, pode fazer seu preço subir, por exemplo. Mas preste atenção na baixa demanda para não deixar quartos vagos e perder dinheiro.

Leia também: Flexibilizar tarifa: quando é uma boa estratégia na hotelaria?

5- Adote o preço compatível com o seu estabelecimento

Há muitas formas de fazer o preço para sua hospedagem, como se basear na concorrência por exemplo. Mas, nenhuma vai trazer mais sucesso do que conhecer o que seu estabelecimento pode oferecer aos viajantes. Seja honesto e realista com isso para criar uma boa experiência ao hóspede e fazer com que essa pessoa deseje voltar.

6- Use a tecnologia a seu favor

Para a maioria dos meios de hospedagem, o uso do PMS é fundamental para a gerência. Existem inúmeros softwares inteligentes e integrados que auxiliam na tomada de decisão rápida e oportuna. Esse sistema vai te dar relatórios completos de previsões de calendário, de demanda futura, bem como mostrar todo o histórico do seu hotel.

Por isso, fazemos um convite para você hoteleiro, depois de conhecer a importância da gestão de receitas em um hotel: faça uma experiência gratuita com o sistema da Hospedin. É só entrar no nosso site e se cadastrar para iniciar os trabalhos.

Confere lá, você vai se surpreender com as facilidades que o sistema te oferece.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue aprendendo

Suporte

Atendimento de segunda à sexta-feira das 09h00 às 12h00 e 13h30 às 18h00.
Copyright © Hospedin - Todos os direitos reservados
Ao usar o Hospedin, você concorda com nossa Política de Cookies.