Cashback na hotelaria

Cashback na hotelaria: apostar nessa estratégia é uma boa para você?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Quem está ligado nas inovações do mercado percebeu que alguns serviços antes considerados super atrativos aos clientes, hoje já não fazem tanto sucesso.

Um exemplo é o tradicional programa de pontos para fidelizar clientes, que apesar de ainda ser muito usado, não faz tanto sucesso quanto o cashback – um modelo de devolução monetária.

Sua prática ainda está ganhando espaço no Brasil, entretanto é muito comum nos Estados Unidos.

O sistema de cashback tem uma proposta interessante para o consumidor e apresenta diversas vantagens para o crescimento dos negócios.

Confira abaixo tudo sobre esse modelo inovador e como utilizá-lo no seu hotel ou pousada.

O que é cashback?

O termo em inglês cashback significa “dinheiro de volta”. Sua proposta é devolver ao cliente uma porcentagem do valor gasto na compra de produtos e serviços.

Esse crédito recebido fica salvo no sistema e varia de acordo com a empresa ou com o aplicativo no qual o consumidor tem cadastro.

Posteriormente, esse valor pode ser usado para fazer novas compras em outros estabelecimentos cadastrados.

Cashback é desconto?

Não. Diferente de programas de fidelidade onde o cliente acumula pontos ou milhas, no cashback a recompensa vem em dinheiro.

Além disso, diferentemente de outros programas de pontuação, esse valor não tem data de expiração.

Outro ponto que chama a atenção é o uso da geolocalização.

As empresas de cashback geralmente enviam notificações aos consumidores avisando-os que estão próximos de estabelecimentos cadastrados, o que consequentemente estimula seu uso.

Vantagens de oferecer cashback

Listamos abaixo os benefícios que os programas de cashback oferecem para estabelecimentos hoteleiros. Conheça os principais.

Fidelização de hóspedes

Os consumidores adoram quando recebem uma parte do valor de sua compra de volta.

Sabendo que seu hotel ou pousada adota essa prática, as chances de hóspedes efetuarem novas reservas e de se tornarem hóspedes fiéis tendem a aumentar.

Oferecer esse benefício para agradar hóspedes cada vez mais exigentes pode ser um grande diferencial, já que nem todas as empresas do ramo hoteleiro adotam essa estratégia.

Maior visibilidade para a marca

Se o hóspede está satisfeito, a tendência é que indique o hotel para sua rede de contatos.

Com isso, a sua marca ganha mais visibilidade no mercado e a chance de atrair novos hóspedes graças a utilização do cashback é altíssima.

Informações precisas sobre o público

Ao se cadastrar no sistema de cashback, os usuários fornecem seus dados, que através de análises produzem informações importantes para as empresas.

Quando um estabelecimento hoteleiro entende o perfil do seu público, as tomadas de decisões ficam ainda mais assertivas, tornando as estratégias mais direcionadas de acordo com os interesses e necessidades de cada hóspede.

Cashback no Brasil

Alguns sites e aplicativos ajudaram a popularizar a modalidade de cashback no país e devolvem uma parcela do valor da compra realizada pelos consumidores.

Entretanto, para efetuar esse reembolso é necessário fazer um cadastro nessas plataformas. Abaixo, separamos algumas para que possa conhecê-las melhor, caso se interesse por implementar essa estratégia em seu negócio.

1. Méliuz

Atua desde 2011 no mercado brasileiro.

Através dela as empresas anunciam produtos e serviços em seu aplicativo, e a empresa faz a devolução de uma parte do dinheiro quando um cliente realiza uma compra.

Ao chegar em R$20 o consumidor pode transferir o cashback para sua conta corrente.

Em entrevista para a revista Forbes, o CEO da Méliuz, Israel Salmen, comenta que entre os associados da empresa, são os hotéis que oferecem um cashback mais vantajoso.

2. Trigg

Considerado um dos primeiros cartões de crédito a ofertar o cashback no país.

A porcentagem de dinheiro devolvida depende da fatura mensal.

3. Picpay

O aplicativo, que trabalha com transferência de valores, também devolve aos clientes parte do valor transacionado.

Outras empresas de cashback que também atuam no mercado brasileiro são a Beblue, Mooba, Poup, Ame Digital, Cashola, Ganhe de Volta e In Mais.

Vale lembrar que ao escolher uma empresa de cashback é necessário entender seu funcionamento, analisar tudo o que ela oferece – desde os pré-requisitos até os valores de reembolso – e só após essa análise efetuar o registro na plataforma para usufruir dos serviços contratados.

O cashback é bom para o seu hotel ou pousada?

Antes de oferecer o cashback para os seus hóspedes é importante analisar alguns pontos:

  • Você vai oferecer cashback para a compra de todos os serviços?
  • Em quais épocas o cashback contribuirá para aumentar o seu fluxo de caixa? Na alta ou na baixa temporada pode ser mais vantajoso?
  • Qual a porcentagem da margem de lucro das suas diárias ou produtos? Elas comportam a oferta de cashback?

Calcular esses fatores é fundamental para oferecer o cashback ao seu público. Analisando com cautela você não corre o risco de ter prejuízos.

E você, já utiliza o sistema de cashback em seu estabelecimento? Compartilhe sua experiência com a gente através dos comentários.

Você também pode gostar de ler: Ponto de equilíbrio financeiro: sua pousada está dando lucro?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
Share: