Por que a contabilidade de custos do seu hotel precisa ser feita?

Por que a contabilidade de custos do seu hotel precisa ser feita?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Você sabe, exatamente, quanto fatura mês a mês? Mas e quanto gasta? Como você costuma analisar os custos da sua pousada ou hotel?

Sabendo que essas são ações fundamentais no sucesso de um negócio, no artigo de hoje vamos falar sobre a contabilidade de custos na hotelaria.

Precificar diárias, produtos e serviços pode ser um desafio quando não se tem uma contabilidade de custos organizada e funcionando.

Colocar preços é algo dinâmico, ou seja, o hoteleiro precisa fazer isso frequentemente e acompanhar as demandas do mercado.

Ao optar por ter uma contabilidade de custos eficiente, ganha-se tempo e competitividade nesse processo.

Se você ficou curioso para entender o que é a contabilidade de custos e descobrir se está sendo feita corretamente no seu meio de hospedagem, leia este artigo até o final.

Além disso, listamos 5 dicas para começar a fazer sua contabilidade de custos e organizar melhor essa parte financeira tão importante na empresa.

Vamos conferir?

A importância da contabilidade de custos

Todo hotel ou pousada precisa ter sua contabilidade geral. Isso já não é novidade para os hoteleiros.

Contudo, em meio a contabilidade geral existe a contabilidade de custos. Uma dimensão que analisa racionalmente os gastos da empresa.

Dentro da contabilidade de custos, o gestor precisa ter propriedade para responder perguntas como:

  • Quais foram os pagamentos realizados em determinado período?
  • Quais são as categorias financeiras que representam o maior percentual dentre os custos?
  • Qual é o verdadeiro custo do serviço hoteleiro?
  • Quais são os custos embutidos na oferta de um produto?

 

Desta forma, fazer a contabilidade de custos de um hotel é entender minuciosamente toda estrutura de desembolsos do mesmo, classificando-os de acordo com suas categorias financeiras para que se possa precificar os produtos e serviços de forma correta.

Veja abaixo algumas categorias financeiras que são comumente utilizadas na hotelaria:

contabilidade-de-custos

Por que você deve fazer a contabilidade de custos?

Agora que você já sabe o que é a contabilidade de custos, chegou a hora de entender a sua importância para o crescimento sustentável do negócio.

Dentro do âmbito da gestão empresarial, quando se tem o controle sobre algo, se tem a capacidade de gestão. Ou seja, isso proporciona ao hoteleiro um poder de decisão que ele não teria se não acompanhasse seus custos.

Por este motivo é importante fazer uma contabilidade de custos assertiva e organizada.

Tendo uma visão holística sobre os gastos da empresa, pode-se entender as margens de lucro, as despesas que mais sugam a energia financeira do hotel e os custos que impactam na precificação da diária.

Além disso, tem-se outras vantagens como:

  • Fazer uma previsão de custos a serem desembolsados em determinado período;
  • Ter um controle minucioso sobre o que precisa ser comprado/produzido;
  • Fazer pesquisa de fornecedores a fim de melhorar as margens de lucro;
  • Fornecer dados de análise para que se possa tomar decisões assertivas quanto a redução de custos.

 

Se você está convencido sobre a importância e a necessidade de se fazer a contabilidade de custos do hotel, veja nossas 5 dicas para começar hoje mesmo.

Leia também: Gestão Hoteleira: tudo que você precisa saber para alavancar o seu negócio

5 dicas para começar e se organizar

“Ok, mas como eu começo?”

Essa é uma pergunta que sempre surge quando o hoteleiro quer implantar algo novo ou melhorar um processo que já existe. E na contabilidade de custos não seria diferente.

Foi pensando em ajudar nessa questão que listamos abaixo, 5 dicas para começar e organizar a sua contabilidade de custos.

Veja:

Dica 01) Entenda os seus custos diretos

Os custos diretos são aqueles totalmente relacionados ao produto ou a prestação de serviços do hotel. Por exemplo: custos com café da manhã, enxoval, amenities e etc.

Você precisa entender e listar quais são os custos diretos do seu meio de hospedagem, pois isso pode variar de estabelecimento para estabelecimento.

Dica 02) Rateie seus custos indiretos

Diferentemente dos custos diretos, os indiretos não estão ligados diretamente ao produto ou serviço, mas são necessários para que a empresa funcione corretamente. Como por exemplo: equipe administrativa financeira, marketing e etc.

Esse são custos que também fazem parte da precificação e portanto, devem passar por um rateio para que uma pequena parcela deles esteja no preço final do produto ou serviço.

Dica 03) Encontre o seu ponto de equilíbrio

O ponto de equilíbrio diz respeito ao quanto a empresa precisa vender para pagar os seus custos minimamente. Esse valor pode ser calculado para os preços ou para o faturamento como um todo.

Dito isto, você precisa saber qual é o valor mínimo de venda para que se pague, pelo menos, os custos com o produto ou serviço.

Dica 04) Use um sistema de gestão hoteleira

Como falamos anteriormente, organizar e categorizar as despesas é fundamental na contabilidade de custos. Sem uma visão geral dos gastos ou das categorias financeiras não se consegue analisar e desmembrar os custos corretamente.

Uma planilha poderá ajudar, no entanto, ela tem limitações que somente um software hoteleiro pode suprir. Portanto, indica-se o uso de um sistema para a gestão financeira do hotel, também.

Dica 05) Goste dos números da sua empresa

Uma das principais dificuldade na gestão financeira do hotel é um hoteleiro que não gosta de lidar com números. Para se ter sucesso financeiro é preciso ter afeição pelos números da empresa.

É preciso acompanhar, analisar e estudar sobre eles ao longo do tempo.

Se você é do time que curte gestão financeira, já larga em vantagem.

Os números dizem mais do que palavras

Muitas vezes a palavra contabilidade está relacionada com o controle de NFs, pagamento de impostos ou emissão de folha de pagamento.

Entretanto, ela pode e deve ser muito mais do que isso.

A contabilidade é um braço da gestão financeira que ajuda o hoteleiro a ter uma visão do crescimento sustentável do hotel, além de ajudá-lo a projetar o futuro do hotel com relação a receita e despesa.

Sendo assim, os números dizem mais do que palavras e todo hoteleiro de sucesso costuma ouvi-los.

Você também pode gostar de ler: Como o Hospedin auxilia na gestão financeira do seu hotel

Você faz a contabilidade de custos do hotel? Conta pra gente nos comentários abaixo.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
Share: