financiamento para abrir uma pousada

Financiamento para abrir uma pousada: vale a pena?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Empreender não é uma tarefa fácil. Estamos acostumados a ver por aí uma série de empresários compartilhando seus desafios para abrir e manter um negócio. Na hotelaria não poderia ser diferente.

Para quem está pesquisando o mercado e se preparando para a abertura de um hotel ou pousada, sempre chega o momento em que aparece a oportunidade de realizar um financiamento. Mas será que vale a pena fazer um financiamento para abrir uma pousada ou hotel?

No texto de hoje, levantamos as principais dicas para se preparar financeiramente para isso e o que analisar na hora de escolher uma oferta. 

Os desafios de abrir um negócio no setor de hotelaria

Assim como em qualquer outra atividade, planejar a abertura de um hotel ou pousada demanda organização e atenção para pontos bem importantes. Listamos abaixo os principais:

  • Não conhecer a legislação: o processo de abertura de uma empresa é burocrático e possui uma série de etapas, por isso é fundamental conhecer os procedimentos legais e se preparar para cumprir as exigências de cada um. Ter a ajuda de um contador para efetuar todas as solicitações é fundamental. 
  • Não saber o básico sobre gestão financeira: muitas empresas acabam quebrando por falta de gestão. Gastar mais do que lucram, não ter ideia se o fechamento é positivo ou negativo, não analisar o fluxo de caixa, entre outros procedimentos administrativos podem ser cruciais para o fracasso do estabelecimento. Além disso, quem busca um financiamento para pousada pode até sofrer graves consequências se não analisar com cuidado essas questões.
  • Não conhecer as particularidades do segmento: cada tipo de negócio possui suas especificidades. Pesquisar o mercado, conversar com outros empresários, levantar informações, analisar a concorrência e o local onde deseja abrir é essencial para o sucesso do estabelecimento.
  • Não conhecer o público-alvo: um negócio precisa ter bem definido qual é o perfil de público que deseja atender. Caso contrário, os esforços feitos não chegarão às pessoas corretas. Informações como gênero, idade, interesses, por exemplo, são importantes para traçar o perfil desejado e garantir estratégias mais assertivas.
  • Não ter um diferencial: qualquer empresa precisa se diferenciar da concorrência para atrair os clientes. Abrir um estabelecimento oferecendo o que todos já oferecem é um risco enorme. Por isso é preciso identificar necessidades e oportunidades para atender aos seus futuros hóspedes e construir uma boa imagem do negócio.

Assista para saber mais sobre o assunto:

A importância do plano de negócio

Neste contexto é impossível não falar do plano de negócio, já que esta ferramenta vai orientar a gestão do estabelecimento.

Afinal, é neste documento que todas as informações sobre a viabilidade e as necessidades financeiras estarão detalhadas. Elaborar um plano de negócio listando os recursos financeiros que serão utilizados, equipe, localização, estrutura, impostos, fornecedores, concorrentes, investimentos em geral e demais dados relevantes é fundamental para validar que a empresa será capaz de sobreviver e caso necessário, conseguir um financiamento.

Baixe grátis: Plano de Negócio para pousada

Financiamento para abrir uma pousada: o que analisar

Quando uma empresa precisa de capital de giro ou de investimento, o caminho mais comum é optar pelos financiamentos. Mas, da mesma forma que alguns investimentos podem trazer mais lucro, quando feitos da forma errada podem trazer grandes problemas.

Por isso, antes de dar entrada em um financiamento para abrir uma pousada é importante se atentar a alguns pontos:

Leia também: Quanto custa abrir uma pousada?

1. Quais as necessidades deste financiamento?

Antes de qualquer ação é preciso entender o motivo de se fazer um financiamento para abrir uma pousada. Qual será o valor do empréstimo? Onde será investido? Quais mudanças na gestão atual poderiam ser feitas para que isso não precisasse ser feito? Como a empresa estaria nos próximos anos sem o financiamento? E com o financiamento?

Não tome essa decisão sozinho. Converse com especialistas e até com o seu contador para se sentir mais seguro quanto a sua escolha.

2. Que tipo de financiamento é o mais adequado?

Ainda junto de seu contador, entenda quais são as linhas de crédito disponíveis no mercado, a carência, os prazos, taxas de juros e garantia. Atente-se a qual banco irá recorrer, conheça todas as possibilidades de financiamento disponíveis e quais ofertas vão atender a curto, médio e longo prazo. 

Além disso, analise se o seu retorno de investimento será capaz de pagar as taxas e juros sobre o financiamento.

Aprenda mais sobre o ROI:

3) Como o financiamento será quitado?

O financiamento irá trazer mais lucros para a pousada e ajudará a pagar as parcelas do financiamento? Reflita sobre isso e analise também como anda o fluxo de caixa da empresa para saber se ela será capaz de pagar essa dívida.

Estas são algumas dicas importantes quando o assunto é buscar financiamento para uma pousada. É fundamental analisar cada uma delas para que o seu financiamento não traga dor de cabeça e prejudique o negócio.

E você? Já fez algum financiamento para seu hotel ou pousada. Compartilhe sua experiência com a gente através dos comentários.


0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
Share: