P

Projeto de pousada: 6 erros comuns e como evitá-los

Começar um empreendimento, um negócio próprio é o sonho de muitas pessoas. Nesse processo são investidos tempo, energia e dinheiro, além de uma grande dose de entusiasmo e otimismo. O projeto de abrir uma pousada está presente na cabeça de muitas pessoas, acomodar os viajantes e poder viver mais livre junto ao local são características que agradam e atraem os empreendedores.

No entanto, para o sucesso da abertura de uma pousada é preciso evitar alguns erros que são até comuns nesse nicho. E, se você puder conhecê-los e saber como evitá-los, já começa com bônus no seu empreendimento. Concorda?

Esse artigo traz diversas informações a respeito de como abrir uma pousada, que tipos de projetos existem, alerta ao potencial pousadeiro sobre os principais erros estruturais encontrados em um projeto de pousada e como evitá-los. 

Mostra, também, a importância de se ter um profissional especializado no desenvolvimento do projeto. E, ainda,  trata de valores para investir nesse sonho.

Vamos ler?

Ideias para pousadas

Mesmo com altos e baixos, o ramo da hospedagem sempre é procurado para dar aquele break na vida cotidiana. Por isso, é um nicho que nunca será extinguido e as pousadas, por sua vez, guardam uma ligação bem forte com os momentos de refúgio.

Isso porque, de um modo geral, tem número reduzido de quartos, possuem serviço personalizado, o ambiente é familiar, é informal e muito acolhedor, além disso, traz a grande possibilidade de se conectar com o lugar em que se encontra. 

Diante disso, é natural que os empreendedores apaixonados por meios de hospedagem queriam investir em pousadas, algo mais aconchegante, talvez pequeno, mas principalmente, rentáveis.

Antes de qualquer investimento, é necessário idealizar o tipo de pousada que você quer e o público que deseja atender. Pois elas podem ser grandes, de fácil instalação, direcionadas para públicos específicos e, até mesmo, luxuosas. 

Assim, identificar que ideia de pousada se tem é o primeiro passo para essa jornada.

Leia também – Qual a diferença entre hotel e pousada? 

Tipos de projeto de pousada

Uma vez feito o mapeamento do público-alvo, já é possível pensar no projeto que deseja elaborar. Pode-se enfatizar a importância do projeto, pois com ele as chances de cometer erros e, por consequência, gastar demais, são minimizadas.

Os projetos de pousada são feitos baseados no desejo do proprietário e na funcionalidade do local para a região em que se instalará

Conforme isso, pode-se ter os seguintes projetos:

Projeto de pousada clássico 

Neste projeto a possibilidade de proporcionar momentos mais intimistas e dotar o local de um charme peculiar devem ser levados em conta pelo profissional. 

Por esse motivo, o projetista deve se atentar aos detalhes, à maneira que vai dispor os quartos, que vista o cliente terá, caprichar nos efeitos de iluminação, sugerir um mobiliário que combine conforto e intimismo.

Pousada pé na areia

 Nessa construção tem que se fazer presente a harmonia entre o urbano e o meio ambiente. O projeto dessa pousada investe em bons acessos, otimização de espaço, iluminação natural, rusticidade, aproveitamento da paisagem local, dentre outras características de praia. 

Isso tudo sem abrir mão do elegante e moderno.

Chalés

Quando se fala em chalés já chega a imagem do estilo rústico, em contato com a natureza, mas com um toque de modernidade. Esse tipo de construção preserva a privacidade e independência do hóspede, pois ele não necessita dividir espaços com outros hóspedes.  

Nesse tipo de projeto a construção em madeira tem grande apreciação, assim é possível utilizar o espaço de maneira inteligente com otimização e conforto.

Pousada focada no descanso 

De imediato esse projeto tem que criar espaços para mostrar a identidade sonora e olfativa do local. 

Assim, definir ambientes com sons específicos e lugares para utilização de essências devem ser pensados para a sua pousada. 

Esses detalhes levam o cliente a ter uma experiência mais intensa e retornar.

Investimento para a construção de uma pousada

O investimento sempre deve ser tratado com bastante atenção, afinal ninguém quer iniciar um projeto fazendo más escolhas. Assim, ao optar por uma pousada pequena visando a economia, pode-se escolher fazê-la de madeira pré-fabricada que chegam a custar 40% menos que as construções de alvenaria tradicionais.

Um projeto de pousada pequena, com cerca de 5 habitações, por exemplo, pode custar entre R$80.000,00 a R$100.000,00, isso tendo o básico e optando pelo sistema construtivo da pré-fabricação. 

Caso se faça de outro material, como alvenaria ou concreto, o preço chega a dobrar. 

De acordo com o site do SEBRAE, dependendo da estrutura e do tamanho da pousada, incluindo a construção e a mobília de todos os espaços e os utilitários para o funcionamento, o investimento inicial poderá ser alto, chegando a aproximadamente 400 mil reais, se for considerado o capital de giro também.

Assim, os valores mais baixos dizem respeito à construção em si, mas não se pode esquecer de que a mobília e os utensílios para as instalações também custam e, mesmo pensando de uma forma básica, são muitos. Veja esses exemplos apenas para o quarto (desconsiderando banheiro):

  • cama
  • travesseiro
  • roupa de cama
  • mesa de cabeceira para cada cama
  • 1 cadeira
  • 1 mesinha
  • 1 armários com duas portas
  • 1 espelho
  •   1 lixeira
  • 1 luminária de mesa
  •   ligação à Internet/wi-fi
  •    1 TV
  • frigobar

Saiba mais Projeto de hotelaria: do planejamento à execução prática

6 erros comuns na construção de uma pousada

Os erros na construção de uma pousada acontecem, principalmente, pela falta de planejamento. Isso inclui não fazer um projeto adequado ao que se deseja e de acordo com um orçamento prévio.

1- Desconhecimento da legislação relacionada à atividade

Para a constituição e o funcionamento de uma pousada existem muitas exigências legais. 

Por isso, é necessário que se conheça toda a legislação relacionada ao exercício da atividade para não correr o risco de sofrer alguma penalidade por não estar de acordo com as normas e leis vigentes na sua cidade.

2- Má escolha do local

O seu empreendimento pode ser incrível, mas se ficar em um local totalmente desconhecido, irá prejudicar o seu faturamento

Porque o local precisa ter atrativos para chamar os clientes, a pousada sozinha não consegue fazer esse papel.

3- Falta de um projeto arquitetônico

Nem por economia deve-se ignorar o projeto arquitetônico da futura pousada. 

É comprovado que a presença de um projeto direciona o andamento do processo e promove economia, seja em relação ao material, seja em relação ao pessoal envolvido.

4- Não conhecer o mercado local – público-alvo

Analisar o mercado é fundamental para construir a pousada que atende aquele público. 

Imagine que situação desnecessária e onerosa é construir uma pousada voltada para retiro espiritual em um local agitado com pessoas que não buscam dar um break. 

Erro diagnosticado e, infelizmente, comum.

5- Construção inadequada por falta de análises

Às vezes, o investimento para se construir a pousada está justo e, por esse motivo, alguns passos do processo são deixados de lado, um exemplo é a análise do terreno onde se irá construir. 

Um terreno muito extenso, um terreno muito largo, um terreno em declive precisa ser averiguado para receber a construção. 

Alguns casos, inclusive necessita de documentos que a prefeitura dá permissão.

6- Escolha de materiais errados

Para garantir que o projeto fique dentro do orçamento não é indicado buscar materiais muito difíceis de se adquirir, raridade e distância importam para baratear ou encarecer sua pousada

Isso diz respeito também à qualidade e ao custo do material envolvido na construção, sempre é aconselhável procurar o melhor custo-benefício.

Estratégias para evitar os erros na construção de uma pousada

Já que existem erros mais comuns do que se imagina, deve-se trabalhar com estratégias para evitar cometê-los. 

Algumas dessas estratégias são bem simples e óbvias, como contratar um profissional para fazer o projeto arquitetônico. E, pode certificar-se de que essa atitude evita muitos transtornos.

Checar regularmente se o trabalho de construção está seguindo o projeto acordado se faz necessário. Tem que usar mesmo aquela máxima de fazendeiro “o olho do dono é que engorda o gado”. 

E caso não possa fazer isso pessoalmente, designe alguém que faça e te reporte os acontecimentos.

Siga todos os protocolos da sua cidade para a construção, os documentos liberados pela prefeitura, por exemplo. 

Não caia no incômodo de deixar passar e ter que pagar multa por isso depois, visto que estar dentro da legalidade é bem mais barato e menos desgastante. 

Cobre do arquiteto responsável.

A adequação da infraestrutura para atender de maneira adequada aos hóspedes e a rotina de serviço dos funcionários têm que estar no seu projeto

Vá além do tradicional como quartos e áreas comuns, de acordo com o seu público-alvo pense no seu espaço. Por exemplo, se a pousada for destinada para atender bastante idosos, coloque pisos antiderrapantes e banheiros com barra de apoio nos chuveiros.

Uma parte do orçamento deve ser reservada para os interiores. 

Camas confortáveis, TVs de tela plana, internet e chuveiro generoso e quente são investimentos de primeira ordem, afinal todos que querem ir para uma pousada não esperam menos conforto.

Estude os materiais que vai usar na sua construção, lembre-se de que a escolha de materiais inadequados pode fazer o custo da sua obra ir lá para cima, pois quebrar e refazer é muito mais caro do que fazer corretamente.

E, por fim, não ignore a importância de se ter um profissional especializado no assunto para desenvolver o projeto, pois essa pessoa terá conhecimento para resolver quaisquer questões que se apresentem sobre a construção da sua pousada.

Conte para a gente a sua experiência na construção da sua pousada. Está nos planos? Já conseguiu escolher um profissional para fazer o seu projeto? Qual a posição em que você futuro pousadeiro se encontra?

Você também pode se interessar – Plano de negócio para pousada: dicas e modelo para montar o seu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Hospedin